- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

O técnico Luiz Carlos Winck não terá a dupla de volantes titulares na partida de terça-feira do Criciúma diante do Londrina, às 20h30, no Estádio do Café. Com a expulsão de Barreto diante do Guarani, na sexta-feira, e a lesão de Jocinei, que para por mais cinco dias, no mínimo, o treinador encaminhou a equipe com Paulinho e Ricardinho no trabalho realizado, em campo reduzido, neste domingo à tarde, no Centro de Treinamento (CT) do clube, bairro Cristo Redentor. “Fico feliz. Infelizmente, o Barreto foi expulso na última partida e a gente tem problemas no meio de campo, mas agradeço pela oportunidade e espero fazer um bom jogo e conseguir um boa vitória”, disse Ricardinho.

Outra possibilidade é a volta de Fabinho Alves no lugar de Caio Rangel. O restante da equipe deve ser a mesma que ganhou do time de Campinas. A confirmação acontecerá apenas na tarde desta segunda-feira, no último coletivo – que será realizado já no interior paranaense. “Prefiro jogar como segundo volante, mas como o Winck pede para que a gente jogue um do lado do outro, tendo a liberdade de um sair e outro ficar, não muda muita coisa, mas, independente de quem ele escolher, o que importa é a vitória”, reforçou o volante Ricardinho.

Viagem acontece nesta segunda-feira

A partir das quatro horas começa a viagem do Tigre para Londrina. A delegação vai de ônibus para Porto Alegre, de onde voa para São Paulo e, de lá, outro segue, também de avião, para  Londrina. A chegada está prevista para o final da manhã. No período da tarde, ainda na segunda-feira, Winck fará um treinamento no próprio Estádio do Café. Nesta atividade, normalmente o técnico carvoeiro faz um ensaio tático, procurando focar no posicionamento e no deslocamento para o ataque.

Ricardinho acredita que chegou a hora do Tigre vencer fora de casa. “É importante para que a gente venha jogar aqui sem a necessidade na tabela de ter que vencer a todo custo. Aquele sentimento de que precisamos fazer o gol a todo custo. Ganhando do Londrina, a gente volta com motivação, o torcedor se alegra, vem para o estádio, e a gente faz da nossa casa cada vez mais uma fortaleza”, finalizou.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.