- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

Foto: Lucas Colombo

O torcedor do Tigre estava órfão de um “camisa 9 de verdade”. Desde Gustavo, em parte da Série B do ano passado, nenhum centroavante deu conta do recado no Tricolor Carvoeiro. Agora, com Lucão marcando dois gols na estreia, a esperança reacende. Contra o “Gustagol” pesa o fato de ter apenas três meses de bom desempenho no Criciúma. Logo após, seduzido por uma proposta do Corinthians, deixou o clube. Hoje está lesionado no Bahia.

Antes de Gustavo, nomes conhecidos como Neto Baiano, Souza “Caveirão”, e o próprio ídolo Zé Carlos, em 2014, vestiram a camisa 9 do Criciúma, mas não deram conta do recado. Wellington Paulista, na disputa da Série A, em 2013, foi um nome de relativo sucesso, com 11 gols no campeonato e ajudou na permanência para a Série A de 2014.

Outros nomes menos cotados como Rodrigo Silva, Fernando Karanga, Helio Paraíba e o próprio Jheimy – que segue no clube, mas relegado à terceira opção no elenco – não conseguiram suprir a carência de gols do Criciúma. Entretanto, a grande memória do torcedor criciumense segue sendo Zé Carlos, o Zé do Gol, que em 2011 e 2012, fez 54 gols com a camisa tricolor. Com a chegada de Lucão, a torcida carvoeira espera deixar Zé, de fato, no passado.

Os dois gols na estreia empolgam em relação ao novo dono da camisa 9, mas ele não faz projeção de quantos gols irá marcar pelo Criciúma. “Não vou projetar número de gols, os números são para quem se limita. Eu não ponho limites na minha vida, vou trabalhar jogo após jogo. A situação não é boa, vou pensar nos treinamentos, que é o mais importante para mim. Esse é o espírito. Não é sorte, a sorte anda do lado de quem trabalha”, disse o jogador após a partida de sexta-feira.

Lucão estará em campo amanhã diante do Londrina e espera dançar “break” novamente, como fez contra o Guarani, para comemorar as bolas na rede. “Break é da minha raiz, venho de Planaltina, em Brasília. A Tribo da Periferia é meu grupo favorito e desde pequeno o pessoal falava para eu comemorar com o break, mostrar minha raiz e por isso eu procuro representar sempre”, finalizou.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.