- PUBLICIDADE -

No próximo sábado, 3, o designer Rafael Hoffmann e a estudante de Publicidade e Propaganda da Satc, Nicole Castro, ambos fundadores do projeto Pintores de Letras, estarão em Florianópolis na 5ª edição do evento Café com Serifa, que tem como objetivo reunir pessoas interessadas em caligrafia, type design e lettering. A proposta do evento é ser um espaço informal para conversas e colaborações entre praticantes de letras.

A proposta dos Pintores de Letras é documentar o ofício de letristas populares em muros e fachadas do sul de Santa Catarina. A dupla inicia a produção de um documentário em breve, viabilizado por financiamento coletivo.De acordo com Nicole, apresentar o projeto em Florianópolis é algo muito especial ao Pintores de Letras. “Nosso objetivo sempre foi o Sul de Santa Catarina, no entanto, nossa finalidade com a participação em eventos de tipografia é levar o trabalho dos pintores da nossa região para cada vez mais cidades e contribuir com a valorização do trabalho deles”, ressalta.

- PUBLICIDADE -

Ainda segunda ela, a exposição no Café com Serifa pode trazer apoio para o desenvolvimento do projeto. “A meta é que outras partes do Estado conheçam o desenvolvimento do trabalho e com isso, talvez outras empresas possam apoiar nossa causa”, explicou.

 

Café com Serifa

O Café com Serifa foi criado para ser um evento informal de conversa e troca de informações entre a comunidade de caligrafia, type design e lettering, ocupações em que geralmente se trabalha sozinho. Ocorre aproximadamente a cada dois meses, com a agenda organizada coletivamente. Nas edições anteriores, já houve demonstrações de como fazer instrumentos caseiros, lançamento de uma família de fontes de letras e exposição de pôsteres em tipografia.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.