Mais de 40 clientes da SCGÁS participam do Troca de Ideias em Criciúma

A SCGÁS possui hoje 60 clientes industriais na região Sul, que juntos representam 40% do consumo de gás natural por este segmento no estado

Foto: Lucas Colombo
- PUBLICIDADE -

Aconteceu hoje, dia 13, em Criciúma, o primeiro Troca de Ideias de 2017, evento criado pela SCGÁS para aproximar ainda mais a distribuidora de seus clientes industriais e que está em seu terceiro ano de realização. Durante toda a tarde, gerentes, técnicos e o Diretor de Administração e Finanças da empresa, Rafael Gomes, fizeram apresentações sobre as atividades da empresa e participaram de debates com 45 clientes industriais da SCGÁS na região Sul.

Entre os assuntos tratados nas palestras estavam as novas alternativas de suprimento ao estado, após o término do contrato da SCGÁS com a Petrobras em 2020, e o sistema desenvolvido pela Aresc para definir a tarifa do gás natural comercializado em território catarinense. Além disso, foram discutidos os aspectos comerciais do modelo de geração distribuída a gás e novas modalidades de atendimento como as redes locais, que anteciparão a oferta do insumo em regiões desabastecidas.

- PUBLICIDADE -

A SCGÁS possui hoje 60 clientes industriais na região Sul, que juntos representam 40% do consumo de gás natural por este segmento no estado. De acordo com a FIESC, as 243 indústrias atendidas pela SCGÁS representam cerca de 40% do PIB de Santa Catarina e geram mais de 85 mil empregos.

O Troca de Ideias ainda terá mais duas edições em 2017. O próximo encontro ocorrerá em Blumenau, na próxima terça-feira (20) reunindo clientes das regiões do Vale e Alto Vale Itajaí e Grande Florianópolis, na sede da ACIB. No dia 28, o evento volta a acontecer em Joinville com clientes da região Norte, na sede da ACIJ.

 

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Em: Criciúma

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.