- PUBLICIDADE -

Jéssica Pereira

Foi com o sonho de fazer algo pelo próximo que Aline Dias, moradora de Urussanga, deu início ao projeto Costurinhas do Bem. A iniciativa que tinha como principal objetivo produzir bonecas de pano carequinhas para ser entregue às crianças da Casa Guido teve mais uma importante etapa sendo realizada na última terça-feira. A entrega de 98 bonecos à instituição serviu para demonstrar o trabalho e também para trazer alegria das crianças que passam pela instituição.

- PUBLICIDADE -

“Nós recebemos bonecos de todo o Brasil, pessoas que conheceram o projeto pelo facebook ou pelo jornal e que abraçaram a causa. Apareceram muitas pessoas de bem que se dispuseram a ajudar, teve uma voluntária, a Simoni Prudêncio, que idealizou uma apostila dos bonecos para a campanha e assim as pessoas foram produzindo e me enviando pelo correio. Hoje trouxemos 98 bonecos e esta é a terceira entrega realizadas aqui na Casa Guido”, conta Aline Dias. “Eu já estive no lugar dessas crianças sofrendo com o câncer e por isso decidi fazer algo. Nós saímos da instituição vendo que todos os nossos problemas são tão pequenos. O projeto iniciou comigo sonhando sozinha e se tornou algo tão grande que virou o sonho de muita gente”, complementa Aline que já teve sua história contada no jornal Diário de Notícias.

Uma forma de aliviar a dor

Para as famílias, a entrega dos bonecos, muitos deles vestidos de super-heróis, tem um grande significado para as crianças que estão atualmente em tratamento. “Eles fazem a alegria das crianças e é tão bonito ver o sorriso no rosto delas! A Casa Guido é a casa do amor e gestos como este fazem com que ele se espalhe ainda mais”, conta Rejane Scarso Minatto, mãe de Eduarda Scarsi, de 10 anos. “Eu adorei a boneca. Já tenho uma e durmo todos os dias com ela e agora tenho uma amiguinha para ela”, conta a pequena sorrindo.

Para Pietro Pires de 4 anos que ganhou o Homem de Ferro de presente, o boneco foi recebido com muito carinho. “Ele é muito fofinho. Eu gosto bastante de super-herói e vou brincar um monte com ele”, conta o menino entusiasmado. “Para eles que passam por tantas situações difíceis é um momento de alegria. Quando eles voltam do hospital depois de uma sessão exaustiva de quimioterapia esse presente faz uma grande diferença”, complementa a avó de Pietro, Jurene da Cunha Pires.

Presente faz a diferença para as crianças

De acordo com a vice-presidente da Casa Guido, Rosane Búrigo Gonçalves, iniciativas como a de Aline fazem toda a diferença para as crianças que estão na instituição. “Atualmente prestamos atendimento a 87 crianças e adolescentes de 0 a 19 anos. Ações como esta dão um resultado imediato. Nós vemos o carinho e a alegria no rosto das crianças. Quando nós entregamos os bancos no hospital elas ficam tão felizes que esquecem até da dor. Acredito que o trabalho da Aline foi feito com tanto amor que ele é repassado do boneco para as crianças”, explica Rosane.

A ação de doação de bonecos feitas pela artesã foi realizada em homenagem ao Dia da Criança. “Todos os anos nós realizamos um festa para eles, apesar de celebrarmos o Dia das Crianças todos os dias. O presente que o paciente ganha também é dado para os irmãos de até 12 anos. Nesses casos de tratamento, toda a família se envolve e por isso é importante que todos sejam lembrados”, enaltece.

 

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Por: Jéssica Pereira
Em: Criciúma

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.