Orleans: Em apenas três horas, PM atende dois casos de violência doméstica

Agressões ocorreram nos bairros Coloninha e Taipa

Foto ilustrativa
- PUBLICIDADE -

Orleans

Em um intervalo de apenas três horas, a Polícia Militar (PM) de Orleans atendeu dois casos de violência doméstica no município. As agressões ocorreram nesse sábado, 19. A primeira delas foi na localidade de Taipa, onde um masculino estava ameaçando familiares e teria agredido a irmã. Os policiais se deslocaram ao local e foram recebidos por duas vítimas e uma testemunha. Elas estavam nervosas e informaram à guarnição de que uma delas possuía uma medida protetiva contra o agressor.

- PUBLICIDADE -

A guarnição solicitou que ela buscasse a medida e acompanhou as três mulheres até o interior da residência. Em seguida, o acusado apareceu alcoolizado e nervoso, dizendo palavrões e ameaçando matá-las. Ele ainda correu em direção às vítimas para tentar agredi-las. Nesse momento, os policiais interceptaram o masculino, que ainda tentou resistir à prisão. Ele foi imobilizado e algemado e, em seguida, encaminhado à delegacia de Polícia Civil de Lauro Müller.

Outra ocorrência 

Três horas após esse primeiro caso, a PM de Orleans foi novamente acionada para atender uma ocorrência de violência doméstica, desta vez no bairro Coloninha. No local, a guarnição foi recebida pela vítima, que estava bastante emocionada com o ocorrido.

Segundo a Polícia Militar, no interior do imóvel havia vários objetos jogados no chão e a porta do quarto estava arrombada. A mulher possuía hematomas no braço esquerdo. De acordo com ela, o marido a segurou pelo braço e a arremessou contra a parede. Ele não estava no local quando a guarnição chegou.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Em: Orleans

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.