Araranguá: Câmeras serão instaladas na cidade

Legislativo aprova parceria entre ACIVA e Prefeitura para colocação do monitoramento. Pontos serão definidos pelo Fórum de Segurança

- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Araranguá

- PUBLICIDADE -

O projeto para colocação de câmeras de segurança será efetivado em Araranguá. A Câmara de Vereadores aprovou, por unanimidade, o projeto de Lei Ordinária nº 10/2019, que autoriza o município a firmar parceria público-privada com a Associação Empresarial de Araranguá e Extremo Sul Catarinense (ACIVA).

De acordo com o Tenente-coronel Maike Adriano Valgas, este projeto vem sendo discutido e elaborado pelo Fórum de Segurança de Araranguá, que conta com a adesão de 16 entidades da Cidade das Avenidas. “É uma caminhada longa, que resultou em um importante projeto, que a cidade tanto precisa. As câmeras são uma ferramenta a mais para os órgãos de segurança, tanto para a prevenção, quanto para a investigação policial”, destacou.

A data de início da operação ainda não está definida, mas deve acontecer em breve. “Isso está sendo tratado pela Polícia Militar. Por minha vontade, pode ser instalado imediatamente. Da minha parte, eu já acenei com isso desde o inicio do mandato”, comenta o prefeito Mariano Mazzuco Neto.

Uma dezena de pontos

De acordo com o presidente da ACIVA, André Pietsch Serafin, o projeto contempla a instalação de 10 câmeras em locais pré-determinados pelo Fórum de Segurança.

Os pontos a receberem câmeras, neste primeiro momento, contemplam a área central e as entradas e saídas da cidade. Os dispositivos irão atender tanto a segurança preventiva, quanto a apuração e responsabilização dos autores de crimes que venham a ocorrer na área monitorada. “O projeto foi elaborado por pessoas que atuam na área da segurança pública e que possuem informação sobre o assunto. Neste ano, vamos dar o primeiro passo com a aquisição de 10 câmeras. Mas com certeza, a ideia é ao longo do tempo ir ampliando este número”, ressaltou Serafin.

Há muitos anos se fala em Araranguá na adesão a projetos como o Bem-te-vi, do governo do Estado. Sonhos que nunca saíram do papel. Entusiasmado com o novo momento da segurança pública de Araranguá, o presidente da ACIVA comemora a aprovação do projeto. “É motivo para comemorar, porque (o projeto) coloca Araranguá em pé de igualdade com os municípios vizinhos, que já contam com este sistema de monitoramento”, concluiu Serafin.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.