Visita pode resultar em mais recursos para a UPA

Representante do Ministério da Saúde está em Criciúma e, além da unidade da Próspera, visitou a Policlínica do Rio Maina, que será transformada em 24 Horas

- PUBLICIDADE -

A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 Horas do Bairro Próspera, em Criciúma, recebe hoje pela manhã a visita da técnica do Ministério da Saúde, Marizete Medianeira, especialista em qualificação desse tipo de unidade. De acordo com o secretário municipal de Saúde, Acélio Casagrande, a intenção é de que ela colha as informações necessárias para elevar o porte da UPA, resultando em um repasse maior de recursos do Governo Federal.

“Com essa qualificação, a UPA pode passar a receber R$ 300 mil por mês do Ministério da Saúde, hoje são R$ 175 mil por mês. Ela vai analisar os requisitos, que são vários, vai fazer as anotações e, se tiver que fazer algum ajuste, ela manda novamente para o Município, nós fazemos os ajustes e o processo volta para o Ministério”, explica Casagrande.

- PUBLICIDADE -

Aberta desde julho de 2018, a UPA passou por um tempo de credenciamento e começou a receber os recursos federais este ano. A Prefeitura também faz um aporte na unidade e esse recurso é pago ao Instituto Maria Schmitt, organização social que administra o espaço. Projetada para atender aproximadamente seis mil pessoas, a unidade já chegou a registrar 10 mil pacientes em um mês. A média atualmente se mantém próxima dos nove mil pacientes mensais.

Policlínica do Rio Maina 

Em Criciúma desde ontem, Marizete também visitou a Policlínica do Rio Maina, que está programada para se transformar em UPA. No começo do ano o prefeito Clésio Salvaro conversou com o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, e se dispôs a fazer a obra necessária para adequação da estrutura. O ministro, por sua vez, adiantou que, estando pronta a parte física, o governo fará a habilitação da unidade.

“Já temos uma arquiteta elaborando o projeto, que deve ficar pronto entre 30 e 60 dias. Acredito que a obra comece ainda esse ano, o prefeito está disposto a fazer com recursos próprios”, declara o secretário.

Matéria completa na edição desta sexta-feira do Tribuna de Notícias.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.