Revisão do eleitorado será realizada em 122 municípios catarinenses

TRE estima que 350 mil eleitores compareçam aos cartórios em Santa Catarina. Na região, obrigatoriedade se estende a três municípios

Foto: Divulgação
- PUBLICIDADE -

O Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina (TRE-SC) definiu o novo ciclo de revisão do eleitorado para 2019. Serão revisados 122 municípios em todo o estado. O processo já iniciou em 55 cidades, com o comparecimento obrigatório dos eleitores. O objetivo da revisão é atualizar o cadastro de votantes de cada município, fazendo com que o eleitor que não tenha mais vínculo promova a transferência para a cidade onde efetivamente reside, evitando o cancelamento do documento.

A escolha dos municípios se deu a partir de estudos técnicos realizados pela Corregedoria Regional Eleitoral do TRE-SC, que identificou, ao longo de 2018, as cidades cujo eleitorado correspondia a mais de 80% da população, priorizando a revisão através do recadastramento biométrico. “Embora essa situação não constitua fraude e seja justificável por fatores diversos, como o êxodo de jovens, é importante revisar o eleitorado a fim de manter como eleitores somente as pessoas que efetivamente têm vínculo, trazendo mais segurança aos eleitores e aos candidatos”, explica o corregedor regional eleitoral e vice-presidente do TRE-SC, desembargador Cid Goulart Júnior.

- PUBLICIDADE -

Cada município terá um cronograma específico, com prazos durante os quais os eleitores devem comparecer aos locais designados, apresentando seus documentos pessoais e comprovante de vínculo eleitoral. Comprovado o vínculo com o município, o cadastro será atualizado, com a coleta de fotos, digitais e assinatura do eleitor, compondo o cadastro biométrico da Justiça Eleitoral.

Estima-se que 350 mil eleitores compareçam nas revisões do eleitorado no estado. Quem não comparecer até a data final fixada, terá o título cancelado.

Municípios do Sul

Na região, apenas três municípios constam na lista de revisão obrigatória. Em Balneário Arroio do Silva e Maracajá, os eleitores precisam comparecer ao local designado pelo TRE até o dia 28 de junho. Já o prazo para os eleitores de Sombrio segue até o dia 31 e julho.

Até o último sábado, 2, aproximadamente 37,5% dos eleitores de Balneário Arroio do Silva já havia feito a biometria. Em Maracajá, 30,8% compareceram ao cartório para a revisão. Por enquanto, a menor adesão é verificada em Sombrio, com apenas 22% cumprindo a obrigatoriedade.

Cadastramento biométrico

Além dos municípios com revisão do eleitorado, todos os demais cartórios eleitorais de Santa Catarina já estão realizando o cadastramento biométrico, com o comparecimento espontâneo do eleitor. Nesta modalidade, o TRE-SC espera que cerca de 650 mil eleitores compareçam aos cartórios.

Para evitar filas, tanto no processo de revisão quanto na biometria ordinária, o eleitor pode agendar o comparecimento pela internet ou pelo telefone 0800 647 3888. Dúvidas a respeito dos serviços podem ser solucionadas pelo telefone ou no site do TRE.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.