Política Nacional para Mulheres em debate

Representantes dos 45 municípios do Sul estão reunidos na sede da Amrec

Foto: Antônio Rozeng/Amrec
- PUBLICIDADE -

Representantes dos 45 municípios do Sul de Santa Catarina estão reunidos, nesta sexta-feira, na sede da Associação dos Municípios da Região Carbonífera (Amrec) participando do evento “Roda de Conversa sobre a Política Nacional para as Mulheres e a Criação dos Conselhos Municipais”.
Na mesa de abertura do evento, a presidente do Colegiado de Assistência Social da Amrec, Gladis Lenuzia Kestering, lembrou que muito se avançou nestes últimos anos, mas muito ainda precisa avançar. “Temos muitos enfrentamentos a fazer”, afirmou.
Já a coordenadora Estadual da Mulher, Aretusa Larroyd, uma das palestrantes do dia, colocou como primeiro desafio a criação dos conselhos municipais. Ela ainda sublinhou a importância de se falar da violência contra a mulher. “É o primeiro passo para o enfrentamento”, ressaltou. Durante o seu discurso de abertura Aretusa ainda pontuou que é um dever do Governo, combater a violência contra a mulher.
Já a Assistente Social da Federação Catarinense dos Municípios (Fecam), mestre em Serviço Social, Janice Merigo, colocou como primeiro passo para avançar a participação das mulheres nas políticas.
O evento vai até as 17h, e ainda trabalhará temas como a política nacional para as mulheres; orientação sobre o processo de criação e funcionamento dos conselhos municipais da mulher; as ações municipais em relação à violência contra as mulheres; e as metas estaduais do pacto sobre a Lei Maria da Penha.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Por: Redação
Em: Criciúma

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.