Municípios terão aumento de R$ 8 milhões para custear transporte escolar

Portaria que estabelecerá os valores será publicada pela Secretaria Estadual e foi resultado de uma das primeiras ações da nova gestão da FECAM junto ao Governo do Estado, conduzidas pelo presidente da Federação em conjunto com a Undime/SC

- PUBLICIDADE -

A partir do dia 11 de fevereiro, início do ano letivo, passa a vigorar aumento médio de 8,67% no repasse dos recursos pelo Governo do Estado aos municípios que possuem convênio de transporte escolar. O acordo foi pelo secretário de Estado da Educação, Natalino Uggioni, pelo presidente da Federação Catarinense de Municípios (FECAM), prefeito de Tubarão, Joares Ponticelli, e pelo representante da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (UNDIME/SC), Mário Fernandes.

A portaria que estabelecerá os valores será publicada pela Secretaria Estadual e foi resultado de uma das primeiras ações da nova gestão da FECAM junto ao Governo do Estado, conduzidas pelo presidente da Federação em conjunto com a Undime/SC. Segundo Ponticelli, a negociação antes do início do ano letivo garante o transporte aos estudantes e significa não onerar os cofres das prefeituras. O acréscimo será de R$ 8 milhões, passando de R$ 87 milhões em 2018 para R$ 95 milhões em 2019. “Conseguimos ampliar a oferta inicial do Governo, que era de 6%, para mais de 8,5%. O reajuste representa um ganho em relação ao ano passado e permite um fôlego para os municípios continuarem prestando o serviço na rede de ensino”, destacou Ponticelli.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Por: Marciano Bortolin
Em: Criciúma

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.