Estudo de recuperação do Criciumaprev pronto em julho

Comissão de Investigação efetuou ontem a oitiva do atuário do instituto e hoje interroga a procuradora-geral do Município

Emília Cabral/Câmara de Vereadores
- PUBLICIDADE -

O representante da empresa Lumens Assessoria, Guilherme Tadeu Lorenzi Walter, contratado para fazer o cálculo atuarial do Instituto de Seguridade Social dos Servidores Públicos Municipais de Criciúma (Criciumaprev), foi ouvido ontem em mais uma oitiva da Comissão de Inquérito da Câmara de Vereadores.

Além de efetuar o cálculo atuarial – obrigatório para todos os institutos do gênero – a Lumens também foi contratada pela Prefeitura para elaborar um plano de recuperação do Criciumaprev e, segundo Walter, esse planejamento estará pronto para as primeiras apresentações já no mês que vem.

- PUBLICIDADE -

“Os estudos já estão em fase avançada para serem apresentados, vai seguir um rito de apresentações e, havendo entendimento de que pode ter uma continuidade, vai ser apresentado aos representantes do Criciumaprev, depois deve passar por essa Casa Legislativa. Muito provável que em julho tenhamos uma apresentação inicial, para início dos debates”, disse Walter.

Esse estudo tem a intenção de apresentar soluções para reduzir o déficit que existe nas contas do instituto de previdência dos servidores municipais. Há alguns mandatos as administrações não têm conseguido honrar com as contribuições patronais mensais e realizado parcelamentos ao final de cada ano para a quitação dos débitos em vários meses. Esse atraso gera um déficit que, de acordo com os cálculos, será insustentável no futuro, prejudicando ou mesmo tornando inviável a aposentadoria dos funcionários públicos.

Prazo prorrogado até agosto 

Ainda na sessão da CI na tarde de ontem, os integrantes aprovaram uma prorrogação do prazo de encerramento dos trabalhos por 30 dias a partir do dia 9 de julho, ou seja, até 9 de agosto. A intenção, no entanto, é de que tudo já esteja concluído até 15 de julho.

Logo após a oitiva do atuário os vereadores se reuniram no plenarinho para assistir à apresentação da auditoria do sistema previdenciário, encomendada pela CI à empresa PSW Auditorias. Essa reunião, no entanto, foi a portas fechadas.

Hoje à tarde haverá mais um interrogatório. Dessa vez, a procuradora-geral do Município de Criciúma, Ana Cristina Flores Youssef, é quem será ouvida pelos parlamentares.

Matéria completa na edição desta quarta-feira do Tribuna de Notícias. 

 

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.