Criciúma: superintendente da Casan participa de debate no Legislativo

Gilberto Benedet Junior foi à Casa para falar do possível rompimento pretendido pelo prefeito Clésio Salvaro

- PUBLICIDADE -

Para discorrer sobre os serviços realizados no Município e esclarecer as dúvidas dos vereadores referente aos serviços da Casan (Companhia Catarinense de Águas e Saneamento), estiveram na Sessão do Legislativo nesta segunda-feira (1/4), o engenheiro e superintendente regional da Casan, Gilberto Benedet Junior e o assessor de relações interinstitucionais, engenheiro Luiz Henrique Pelegrin.

A companhia é responsável pela coleta e tratamento de esgoto e ainda distribuição de água em Criciúma e demais municípios da região. Conforme o superintendente, a instabilidade instalada com a possibilidade de rompimento de contrato entre a Casan e o Município tem preocupado não só a companhia, mas seus funcionários.

- PUBLICIDADE -

A proposta de municipalização é cogitada pelo prefeito Clésio Salvaro, caso a Casan não atenda a pedidos, como o repasse de 7% de royalties para investimentos, além da redução de 40% da taxa de esgoto, que é de 100% do valor da tarifa de água.

“Falo aqui não só como superintendente, mas como cidadão criciumense. E ainda, falo em nome dos nossos 255 funcionários apreensivos com a tratativa de um possível rompimento do programa”, afirmou.

São abastecidos pela Companhia, atualmente, 214 mil habitantes em Criciúma e 63 mil habitantes com coleta e tratamento de esgoto. “A Organização Mundial da Saúde entende que a cada R$ 1 investido em saneamento, reverte em R$ 4,03 em saúde”, pontuou o superintendente.

Os investimentos e obras a serem finalizada pela Companhia também foram pontuadas pelo superintendente.

“Nossa objetivo é de identificar os problemas, trazer soluções e fazer o que for necessário. Com transparência, eficiência e qualidade”, finalizou.

A visita foi proposta pela Comissão de Obras, Transporte, Indústria, Comércio, Abastecimento e do Trabalho.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Por: Marciano Bortolin
Em: Criciúma

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.