Serra do Rio do Rastro receberá serviços emergenciais

Rodovia SC-390 permanece interditada até que essas intervenções sejam concluídas

Foto: Lucas Colombo/DN
- PUBLICIDADE -

Lauro Müller

O trecho da SC-390 localizado na Serra do Rio do Rastro, em Lauro Müller, receberá serviços emergenciais para que a via possa ser parcialmente liberada ao tráfego. A medida foi anunciada na tarde desta quarta-feira, 6, pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria da Defesa Civil (SDC), após nova avaliação técnica. Os trabalhos no local devem iniciar nesta quinta-feira, 7, após a liberação de R$ 200 mil em recursos. A previsão é que as intervenções sejam concluídas até o fim desta semana.

- PUBLICIDADE -

De acordo com o governo, a rodovia permanecerá interditada até que os serviços emergenciais sejam finalizados.

 

Confira a nota na íntegra divulgada pela Secretaria de Estado da Defesa Civil, onde também fala da Serra do Corvo Branco:

O Governo do Estado informa que na manhã desta quarta-feira (6), engenheiros da Secretaria da Infraestrutura e do Deinfra realizaram avaliação da SC-390, na Serra do Rio do Rastro. Durante a vistoria foi constatado que a pista de rolamento e estruturas auxiliares permanecem estáveis, mas é necessário realizar a remoção de detritos e nivelamento de pista em um ponto.

Com base neste quadro, a Serra do Rio do Rastro permanece interditada até que estes serviços sejam concluídos.

Por meio da Secretaria de Estado da Fazenda foi disponibilizado o recurso para realizar o serviço emergencial, no valor de R$ 200 mil, possibilitando o início dos trabalhos nesta quinta-feira (7). A previsão é de que os serviços sejam finalizados até o fim desta semana.

Após a conclusão dos trabalhos, o trânsito na Serra do Rio do Rastro será liberado para automóveis de passeio, ônibus e caminhões de um eixo com até seis (6) toneladas. Em caso de chuva forte a rodovia deverá ser interditada.

Ainda nesta quarta-feira uma nova vistoria foi realizada pela equipe técnica da SDC na SC-370, Serra do Corvo Branco. O objetivo foi verificar se as ações necessárias para a liberação da via foram realizadas.

Foi constatado que ainda faltam a instalação de sinalização específica no trecho da serra e de defensas metálicas nas áreas onde ocorreram escorregamentos e o estreitamento da pista de rolamento. Desta a forma a SERRA do CORVO BRANCO PERMANECE INTERDITADA.

O Deinfra, por meio da superintendência Planalto, está confeccionando o material para sinalização e as defensas metálicas que serão instaladas no início da próxima semana.
Quando as pendências forem sanadas o trânsito deverá ser liberado também com restrições.

O Governo do Estado de Santa Catarina reforça que todas as medidas adotadas têm o objetivo de resguardar vidas e garantir a segurança dos usuários das vias.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Em: Lauro Müller

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.