Na poesia, uma perspectiva de vida diferente

Texto escrito por reclusa da Penitenciária Feminina de Criciúma é selecionado em ação desenvolvida pela ACTU, em uma iniciativa que contribui para a ressocialização

Foto: Suelen Bongiolo/DN
- PUBLICIDADE -

Criciúma

Transformar a realidade das pessoas por meio da educação, da escrita e da leitura é possível e de um jeito simples. Com papel, caneta e criatividade, pode-se dar asas à imaginação e traçar novos caminhos a serem trilhados. Foi dessa maneira que Ana Patrícia Januário, de 47 anos, decidiu transmitir em algumas linhas as emoções e, agora, agracia o cotidiano de inúmeras pessoas. O texto escrito pela reclusa da Penitenciária Feminina de Criciúma foi um dos selecionados pelo projeto “A poesia vai de ônibus” e está estampado na janela de coletivos que circulam pela cidade.

- PUBLICIDADE -

Para Ana Patrícia, ser contemplada com essa iniciativa foi uma conquista e uma honra, ajudando-a nesse processo de reinserção. “Eu acredito no poder da educação. Principalmente hoje em dia, as pessoas precisam de um incentivo diante desse mundo digital. A escrita enriquece muito o conhecimento da pessoa, enriquece o vocabulário. Eu gosto muito de ler”, destaca.

Na tarde dessa quinta-feira, 14, Ana Patrícia recebeu da Associação Criciumense de Transporte Urbano (ACTU) o certificado de participação no projeto, como forma de reconhecimento. A poesia escrita por ela é uma das 50 que foram selecionadas e que desde dezembro estão coladas nas janelas dos coletivos.

Confira a reportagem completa na edição desta sexta-feira, 15, do Diário de Notícias. 

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Em: Criciúma

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.