Forquilhinha: Políticas públicas para a Primeira Infância ganham atenção especial

O 6º Seminário Nacional e 1º Internacional reúne autoridades, personalidades e a comunidade em geral para debater o assunto

- PUBLICIDADE -

Forquilhinha

A cidade Forquilhinha é palco do 6º Seminário Nacional e 1º Internacional de Políticas Públicas para a Primeira Infância. O evento teve início nesta quarta-feira, 24, com a presença das autoridades, personalidades e a comunidade em geral. Durante dois dias os palestrantes e facilitadores vão expor os avanços e desafios nos trabalhos desenvolvidos com as crianças e gestantes, em busca de melhorias nesta área.

O prefeito Dimas Kammer recepcionou os participantes e disse que é uma honra promover este evento em Forquilhinha, um tributo a Zilda Arns. “Fico emocionado ao ver que a semente plantada por Zilda Arns, em vida, foi germinada na sua terra com pessoas de todos os cantos engajadas com as questões da primeira infância”, declarou.

- PUBLICIDADE -

O Seminário é uma realização do Governo Municipal de Forquilhinha, por meio do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) em parceria com a Unicef e Pastoral da Criança, entre outros. “Quando lançamos a ideia de fazer uma edição internacional, no encerramento do evento do ano passado, achamos que estava distante para nós. Hoje vimos se tornar uma realidade por meio de tantas parcerias que, assim como a Zilda, também lutam a favor da vida”, disse a presidente do CMDCA e organizadora do evento, Lilian Arns.

MEDALHA ZILDA ARNS

Durante a abertura foi feita a Outorga do Prêmio Medalha Zilda Arns, em reconhecimento aos trabalhos realizados em prol da primeira infância. Foram premiados a ANDI Comunicação e Direitos, Organização da Sociedade Civil Encontro com Deus, Projeto Anjos do Futsal, jornalista Sonia Bridi, juíza do Tribunal de Justiça do Espírito Santo – Patrícia Pereira Neves, e o pediatra e sanitarista da Prefeitura de Campinas – Paulo Vicente Bonilha Almeida, ambos do Brasil. E o Cáritas Maracaibo da Venezuela, a Fundacion Comunidad Misionera Buena Nueva da Colômbia e o Centro de Promocion Integral del Niño da República do Congo.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.