Criciúma ganhará Central Semafórica

Investimento pode chegar aos R$ 4 milhões e é do Programa Avançar Cidades. Com isso, toda a parte central da cidade será digitalizada, criando a chamada “onda verde”

Foto: Daniel Búrigo/TN
- PUBLICIDADE -

Marciano Bortolin

Criciúma

- PUBLICIDADE -

Quantas vezes ao transitar pelas ruas de Criciúma você já passou por um sinal verde e chegou no outro semáforo e o vermelho estava aceso ocasionando irritação? Isso deve acabar, pelo menos nas vias do Centro da cidade, já que o Governo Municipal trabalha na busca de recursos para a instalação de uma Central Semafórica. Com o sistema, as sinaleiras serão sincronizadas de forma automática, gerando assim a chamada Onda Verde.

Para isso, comenta o diretor da Diretoria de Trânsito e Transporte (DTT) de Criciúma, Gustavo de Medeiros, o Município já elaborou o projeto e aguarda verba do programa Avançar Cidades, do Governo Federal. “O valor para a instalação deste sistema é de R$ 3 milhões a R$ 4 milhões e dará total controle aos semáforos da Avenida Centenário e da área central da cidade”, explica.

Ainda segundo Medeiros, poucas cidades de Santa Catarina possuem o serviço. “Isso auxiliará o trânsito, nos dará a quantidade de veículos, qual o tempo de cada semáforos, entre outros benefícios”, pontua.

O sistema ainda permitirá o acompanhamento remoto, agilizando ações de reparos e a configuração dos semáforos.

Atualmente, sincronização é manual 

Enquanto o recurso não é liberado, técnicos da DTT fazem a sincronização de forma manual três vezes por semana nos semáforos da Avenida Centenário, a única via da cidade com a Onda Verde. “São equipamentos analógicos e não digitais, por isso há a necessidade de fazer este trabalho semanal”, fala Medeiros.

* A reportagem completa você confere no Tribuna de Notícias desta terça-feira, dia 14.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Por: Marciano Bortolin
Em: Criciúma

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.