Criciúma: Exposição destaca principais grupos indígenas da região

Iniciativa é uma parceria entre Nova Acrópole e Faculdade Senac

- PUBLICIDADE -

Criciúma

Os moradores do Sul do estado têm, até o dia 25 de abril, a oportunidade para conhecer mais detalhes sobre os principais grupos indígenas da região: os Xoklengs, os Kaingang e os Guaranis. A “Exposição Indígenas” está aberta à visitação na Faculdade Senac, no Centro de Criciúma, com o objetivo de difundir a história, as origens e a cultura desses povos. A iniciativa é uma parceria entre a instituição e a Organização Nova Acrópole de Criciúma.

- PUBLICIDADE -

De acordo com os organizadores, na mostra, o público pode conferir mais detalhes sobre a origem, o mito e os principais valores desses grupos indígenas.

Sobre a Nova Acrópole

A Nova Acrópole – Filosofia, Cultura e Voluntariado é uma organização internacional com sede em Bruxelas. Com mais de 60 anos de existência, está presente em mais de 50 países e em mais de 70 cidades brasileiras. No Brasil, a instituição completa 35 anos em 2019.

As ações são desenvolvidas com total independência de interesses políticos, religiosos ou financeiros. A Nova Acrópole promove o acesso à cultura e ao desenvolvimento de valores humanos através do voluntariado. Tem como atividade principal o Curso de Filosofia à Maneira Clássica, que apresenta uma visão eclética das tradições ocidentais e orientais, e estuda a contribuição dos grandes sábios da história para enriquecer a vida no presente e aportar na construção de um futuro melhor.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Em: Criciúma

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.