- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

Um resultado injusto. Essa é a percepção do técnico interino do Criciúma, Wilson Waterkemper, o Wilsão, sobre a derrota por 1 a 0 diante da Chapecoense, na tarde deste domingo, no Majestoso. Ele acredita que o time teve mais entrega e intensidade que o adversário, mas não conseguiu colocar a bola na rede. “Eu estava consultando os números do jogo e foi um resultado injusto. Nosso time teve intensidade e entrega, mas o que vale é bola na rede. Nós poderíamos e deveríamos ter finalizado um pouco mais, apesar dos 64% de posse de bola. Faltou agredirmos um pouco mais as bolas que foram cruzadas na área e isso pode ter comprometido o resultado”, comentou.

Wilsão lamentou também a falta de um homem mais fixo na área para aproveitar as chegadas pelos lados. “Na parte final do jogo, tivemos diversos cruzamentos, mas faltou adentrar mais na área. Eu estava pedindo, a voz já estava até faltando um pouquinho, para entrar na área e fazermos as jogadas. Muitas vezes chegamos com um jogador e precisávamos de três ou quatro. Então, realmente tivemos essa dificuldade que comprometeu o resultado”, explicou.

Agora, a missão do interino é recuperar a parte psicológica do jovem grupo de jogadores do Criciúma. “A gente está acostumado a trabalhar essa parte. Apesar deles serem jovens, é passado diariamente, em treinos, para eles a responsabilidade. É lógico que eles estão chegando agora no profissional, mas faz parte. A derrota doi, está doendo agora, mas eles precisam ganhar experiência em cima disso. Amanhã é outro dia. A gente não pode ficar lamentando só. Vamos dar força para eles porque são meninos promissores. Vamos dar sequência no trabalho”, ressaltou.

Se continua como técnico interino? Wilsão não sabe. Ainda sem anunciar diretor de futebol e técnico, o Criciúma trabalha para ter os novos nomes em breve. É grande a probabilidade de algum anúncio acontecer nesta segunda-feira. “Depende da diretoria. Eu estou apto na minha função, que é interino. Não sei se tem alguém contratado. Eu fiz a minha parte hoje e o que foi pedido para mim. Amanhã é outro dia e vamos ver o que vai acontecer”, finalizou.

O grupo de jogadores do Criciúma estará de folga na segunda-feira. A reapresentação acontece na tarde de terça-feira, no CT Antenor Angeloni.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.