Tigre: A última chance de sair do Z-4 antes da Copa América

Criciúma enfrenta o Brasil, em Pelotas, hoje, a partir das 19h15, em busca dos três pontos que tirarão a equipe da incômoda zona de rebaixamento da Série B

- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Pelotas/RS

- PUBLICIDADE -

É no extremo sul do Rio Grande do Sul que o Tricolor Carvoeiro tentará deixar o incômodo Z-4 da Série B, antes da pausa para a Copa América. Para não passar aproximadamente um mês entre os quatro últimos colocados da competição, o Criciúma precisa vencer o Brasil, em Pelotas, hoje, a partir das 19h15min. Só assim, o time sairá da delicada situação na Segunda Divisão. Nem o empate é suficiente. Caso consiga apenas um ponto, o time treinado por Gilson Kleina até iguala a pontuação de outros rivais, mas é superado pelos critérios de desempate.

O comandante carvoeiro cobra mais simplicidade no estilo de jogo e alerta para as limitações apresentadas pelo time do Criciúma. “O momento é difícil, então vamos simplificar, virar guerra, dá um bico na bola. Não somos o Barcelona. A gente precisa do resultado, mas deixa escapar. Estamos passando por crise de identidade e temos que mudar”, comentou, ainda no pós-jogo diante do Vila Nova.

As três vitórias seguidas do Brasil são destacadas pelo técnico carvoeiro. Ele quer que essa fase passa agora para o Tricolor Carvoeiro. E tudo começa por uma vitória na partida desta noite. “Vamos pegar o Brasil que perdeu quatro e agora ganhou três seguidas. Ganhou com um gol contra. Essa fase tem que vir para o Criciúma. Vamos continuar trabalhando, eu não desisto nunca, vou fazer de tudo para ter um resultado bom na terça-feira”, enfatizou.

Campeonato Brasileiro – Série B – 8ª Rodada

11/06 (terça-feira) – 19h15 – estádio Bento Freitas, em Pelotas/RS

BRASIL

Carlos Eduardo; Ricardo Luz, Bruno Aguiar, Leandro Camilo e Sousa; Leandro Leite, Carlos Jatobá, Murilo Rangel, Marcinho e Bruno Paulo; Rafael Grampola. Técnico: Rogério Zimmermann

CRICIÚMA

Luiz; Marcos Vinícius, Liel (Platero), Derlan e Marlon; Adilson Goiano (Jean Mangabeira), Wesley, Eduardo e Daniel Costa; Vinícius e Léo Gamalho. Técnico: Gilson Kleina

Arbitragem: José Cláudio Rocha Filho; Auxiliares: Anderson José de Moraes Coelho e Daniel Paulo Ziolli. (Trio de SP)

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.