Tigre: Torcida protestará com outdoors. Diretoria se pronuncia

Material deve tomar as ruas ainda nessa semana, financiado por parte de torcedores carvoeiros

- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

Um grupo de torcedores do Criciúma se mobilizou, na última semana, arrecadou cerca de R$ 2 mil e instalará, na cidade e na região, quatro outdoors de protesto contra o modelo de administração do Criciúma. Os torcedores pretendem marcar a posição da torcida e mostrar atenção quanto ao momento vivido pelo clube. Os locais de instalação dos anúncios são guardados em sigilo.

Em paralelo a isso, a diretoria do clube se pronunciou, antes do jogo contra a Chapecoense, em entrevista coletiva. A instalação dos outdoors não foi tratada de forma direta, mas o pronunciamento de Arlindo Rocha, vice-presidente administrativo, acompanhado de Valcir Mantovani – diretor financeiro – e Carlos Henrique Alamini ,presidente do Conselho Deliberativo, deixou clara a postura em busca de união entre diretoria e torcida. “Estamos tentando preservar a GA e o presidente Jaime Dal Farra. O Criciúma pensa parecido com a torcida. O nosso saco enche, mas precisamos ter tranquilidade, sabedoria e entendimento, enxergando o que está errado”, disse Rocha, que teve a palavra na entrevista.

No momento, de mais de 17 minutos, Rocha falou sobre o trabalho da empresa Gestão de Ativos (G.A.), que comanda o futebol do clube, e a separação de funções entre a empresa parceira e a direção do clube. A unidade foi destacada por Arlindo. “Tem muita gente que não quer o sucesso do Criciúma. Todas as forças positivas não podem deixar contaminar o nosso ambiente de trabalho. O futebol não é tratado pela direção e Conselho, isso é condição do contrato com a GA, é de responsabilidade da GA e do presidente Jaime Dal Farra. Precisamos de ajuda, contamos com a imprensa e esperamos contar muito mais. Aceitamos a crítica para construir e não enfraquecer. O Criciúma está muito bem administrado do ponto de vista patrimonial e econômico. Mas estamos descontentes também”, finalizou

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.