Tigre: Em busca de um início diferente na Série B

Em 2018, Criciúma perdeu cinco vezes seguidas no começo da competição. No ano anterior foram três derrotas. Fatos prejudicaram as campanhas

- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

Em um campeonato de pontos corridos, como a Série B, todos os jogos têm a mesma importância. Sem os chamados “mata-matas”, os times que desejam buscar o acesso para a Primeira Divisão precisam começar a disputa já com resultados positivos. Esse foi exatamente um dos pontos que prejudicou as campanhas mais recentes do Criciúma.

Em 2018, foram cinco derrotas seguidas, sob o comando de Argel Fucks. O treinador foi demitido. O primeiro ponto veio com Mazola Júnior, na sexta rodada: 0 a 0 contra o Juventude, no Majestoso. No ano anterior, o enredo foi parecido. Com Deivid no comando, o time perdeu três partidas e o técnico perdeu o emprego. O ponto inaugural na tabela veio com Luiz Carlos Winck, na quarta rodada: 0 a 0 com o Luverdense, no Mato Grosso.

Para que a história não se repita neste ano, o time precisa estar concentrado desde o começo da disputa. “Questão de concentração. Agora temos alguns dias para trabalhar e criar uma mentalidade vencedora. Isso o Kleina pediu. Ele toca nessa tecla direto para que a gente pense positivo e vença sempre. Temos que começar a Série B forte para fazer um grande campeonato”, comentou o volante Jean Mangabeira.

Em 2016, sob o comando de Roberto Cavalo, foram duas vitórias e um empate, nas três primeiras rodadas. O melhor inicio de campeonato nas disputas mais recentes. “A gente está em uma crescente. Isso é nítido, todos veem isso. O Kleina está implantando o trabalho dele e agora terminamos bem o campeonato (Catarinense)”, pontuou o jogador.

A eliminação para o Avaí deixou uma boa impressão para Mangabeira. “A derrota foi dolorosa, nos detalhes, mas deve servir de lição. O jeito que a gente atuou e se impôs no jogo. A gente competiu de igual para igual com um time que vai jogar a Série A. Isso foi importante. A nossa reação vai fazer diferença para o inicio da Série B”, enfatizou.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.