- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Santarém/PA

- PUBLICIDADE -

O sotaque espanhol voltou a ser ouvido após um gol do Criciúma. Quase cinco anos após o argentino Sérgio Escudero marcar, na goleada de 4 a 0 sobre o Metropolitano, em Blumenau, o Tigre voltou a ter um estrangeiro marcando gol. Coincidentemente contra o Metrô, o uruguaio Federico Platero fez o segundo gol na vitória de sábado.

Em 19 de março de 2014, o jogo foi disputado longe do Majestoso, mas nesse 9 de fevereiro, a bola balançou as redes do Majestoso. “Na situação de bola parada, eu vou para a área e tento o cabeceio. Busco os gols. Eu espero continuar trabalhando com tranquilidade para fazer mais gols”, comentou Platero.

Apesar de ainda ter certa dificuldade com o idioma, o uruguaio se mostra feliz com o começo da caminhada no Tricolor Carvoeiro. A ajuda dos companheiros e da comissão técnica facilita a adaptação. “Muito feliz pelo gol. O time me recebeu muito bem. Tenho dificuldades no idioma, mas os companheiros falar devagar e compreendo. A comissão técnica também me ajuda, então, tudo fica mais fácil. Para a minha adaptação é melhor”, ressaltou.

Com um ritmo forte de jogos, Platero vai entendendo o que Doriva espera dele e dos companheiros na base da conversa. Para isso, o jogador acredita que a concentração em campo é muito importante.“Temos muitos jogos próximos. Quarta-feira vamos a campo, domingo de novo, então, não temos muito tempo para treinar a parte tática. Assim, a nossa concentração em campo é muito importante. Nós temos que entender e assimilar todo o conceito que o treinador passa, assim as coisas andarão bem”, finalizou.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.