Nova Veneza: Hora de definições na Copa Sul

Araranguá e Caravaggio, de um lado, Metropolitano e Campinense, do outro, disputam as duas vagas na final da competição de futebol amador

- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Araranguá/Nova Veneza

- PUBLICIDADE -

Após dois finais de semana de muita discussão nos bastidores e transferência das partidas, devido ao mau tempo que castigou o Sul do Estado, os confrontos de volta das semifinais da Copa Sul dos Campeões de Futebol Não Profissional acontecerão neste domingo, a partir das 15 horas. E elas prometem muita emoção.

Em Araranguá, no CT Emerson Almeida, o time da casa recebe o Caravaggio. O Azulão da Montanha venceu o primeiro jogo por 3 a 1 e pode perder por até um gol de diferença que ainda assim garantirá vaga na final. “A gente sabe da força do Araranguá, nos domínios deles, e temos que tomar muito cuidado. Não é porque temos a vantagem que podemos ficar tranquilos, tem mais 90 minutos e esperamos um jogo difícil. Já alertamos os jogadores para ter cuidado. Eles precisarão buscar o resultado, mas eu acredito que o nosso time vem crescendo na competição e tem muita qualidade. Vamos tentar impor o nosso ritmo para buscar a vaga na final da Copa Sul”, pontua o técnico do Caravaggio, Geraldo Spricigo.

Pelos lados do AEC, a confiança está em alta. A força da torcida, que costuma empurrar muito a equipe, quando joga em casa, é um dos pontos destacados. A partida teve o local alterado, pois o estádio Paulo Cesário, no bairro Volta Curta, ainda não tem condições de jogo. No confronto de ida, o Araranguá não teve um bom desempenho e isso acaba animando o técnico Gilliard Luzinda. O comandante acredita que o time jogará melhor neste domingo. “Nosso time tem qualidade. E o que me deixa mais esperançoso é que nós fizemos uma partida muito abaixo do que podemos no primeiro jogo. Temos tudo para desempenhar um bom futebol e buscar o resultado que precisamos”, comenta o comandante.

Vantagem para o atual campeão

Em Nova Veneza, o Metropolitano receberá o Campinense, de Garopaba. Com a vitória de 1 a 0, no primeiro jogo, qualquer empate dará a vaga ao atual campeão da Copa Sul. Entretanto, o técnico Jean Reis mantém a prudência para o confronto de volta. “Mais uma decisão. A vitória fora de casa nos dá vantagem, mas não garante nada. Então, temos que motivar os atletas, chamar muita atenção para que a gente volte a fazer um bom jogo”, ressalta.

A intenção do Vermelhão é repetir o que a atuação do primeiro jogo, que teve o gol solitário de Guto. “A equipe atuou bem lá, então, temos que repetir o que foi feito no primeiro jogo e com um nível de atenção maior para que a gente não seja surpreendido em casa. A equipe deles é muito boa e competitiva”, finaliza Reis.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.