Criciúma: Kleina ressalta esforço do elenco na derrota para a Chape

Técnico do Tigre destaca ainda que a Chape soube jogar com a vantagem conquistada em Chapecó

Foto: Caio Marcelo/CriciúmaEC
- PUBLICIDADE -

Criciúma

O técnico do Criciúma Gilson Kleina concedeu coletiva após a derrota para a Chapecoense e ressaltou a entrega do elenco dentro de campo. “Infelizmente fomos surpreendidos por uma equipe que soube jogar com a vantagem, soube esfriar o jogo e claro que os dois erros nossos no primeiro tempo fez com que nossa equipe oscilasse no jogo, que foi o contra-ataque que tomamos e não concluímos o pênalti. Quero dizer que os jogadores estão de parabéns, a postura é essa. Apesar do resultado ruim precisamos salientar a postura dos jogadores e a entrega”, comentou.

- PUBLICIDADE -

 

Para ele, o time do oeste soube aproveitar a vantagem construída em Chapecó, com a vitória por 3 a 2.  “Enfrentamos um equipe que soube esfriar o jogo, em momentos até um anti jogo, Vauden deixou muito eles serem atendidos dentro de campo. Até falei que vale a pena fazer cera no Brasil. Vagner demonstrou que ia fazer no jogo, temos que aprender com isso, mas ao mesmo tempo fazer com que não irritasse. Eles viveram de um contra-ataque, com a estratégia de fazer um bloco baixo e era isso, um erro que tivemos tomamos o gol e da mesma forma nos segundo tempo”, analisou Kleina.

 

Eduardo fora por lesão

 

Titular absoluto, Eduardo estava confirmado para a partida contra a Chape, mas sentiu dores musculares e Wesley iniciou a partida. “Infelizmente perdemos o jogador, não quis mudar a trinca, acho que tínhamos que ter essa formatação e depois posicionamos com o Daniel para dar sustentação. Hoje  não podia abrir mão, o único que ficou marcando foi o Jean aí colocamos jogadores que tinha que ter na transação”, salientou Kleina.

 

Além do esforço da equipe, o técnico tricolor destacou a presença e o grande apoio do torcedor carvoeiro. “Salientar a postura do nosso torcedor, ficamos tristes, chateados por não poder dar o resultado que eles mereciam, mas jogaram junto com os jogadores e viram que não faltou empenho, não faltou entrega”, disse. Agora, o Criciúma enfrenta o Avaí pela semifinal do Catarinense. “Vamos ao poucos mobilizando essa equipe, uma equipe que esta em reconstrução, não é fácil pegar uma equipe bem entrosada. Tem que avaliar bem esse jogo para poder recuperar e  poder fazer esses ajustes para outra decisão que teremos domingo”, ressaltou.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Por: Lucas Colombo
Em: Criciúma

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.