- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

Enquanto procura um novo treinador – aquele que substituirá Doriva, demitido na segunda-feira de carnaval – o Criciúma volta a campo neste domingo, às 16 horas, diante da Chapecoense, no Majestoso. E o interino não poderia ser um nome mais vitorioso na história do clube: Wilson Waterkemper, o Wilsão. Ele é um dos atletas que mais levantaram taças pelo Tricolor Carvoeiro. Foram seis estaduais e a Copa do Brasil. “É muito diferente da época que eu era atleta. Sempre houve responsabilidade. Cada vez que se vestir o manto tricolor tem que fazer o melhor possível. Como treinador, mais ainda. Então, a responsabilidade aumenta, mas estou preparado, pelo tempo de casa que eu tenho, conheço todo mundo aqui, temos a confiança do grupo, e não tenho dúvidas que faremos um grande jogo no domingo”, comentou Wilsão, em entrevista coletiva, na sexta-feira.

Há quase 25 anos no Criciúma, com algumas rápidas saídas, o interino está tranquilo com a missão que foi passada. Ele acredita que está preparado para comandar o time diante do Verdão do Oeste. “Sabemos o clube que vamos dirigir. É uma estrutura muito grande e eu já estou aqui há praticamente 25 anos, desde a base, então sempre é uma responsabilidade grande. Então, vou procurar fazer aquilo que estou preparado, nessa função, e, cada vez que surgir essa situação, estarei disponível para aquilo que o clube precisar”, ressaltou.

O Tigre ainda não conseguiu vencer os principais rivais no Catarinense deste ano. Foram quatro derrotas e um empate. Entretanto, Wilsão acredita que a primeira vitória em clássicos de 2019 virá neste domingo. “Seria importantíssimo. Até hoje eu brinco, nos joguinhos, e não gosto de perder, então, sempre é muito bom ganhar, principalmente vestindo a camisa do Criciúma. Isso aqui tem uma história muito grande e temos que representar da melhor maneira”, destacou.

Campeonato Catarinense – Returno – 3ª Rodada

10/03 (domingo) – 16 horas – estádio Heriberto Hülse

CRICIÚMA

Luiz; Maicon, Sandro, Derlan e Marlon; Jean Mangabeira, Eduardo e Daniel Costa; Andrew, Reis e Caíque. Técnico: Wilson Waterkemper, o Wilsão

CHAPECOENSE

João Ricardo; Marcos Vinícius (Eduardo), Luiz Otávio, Hiago e Bruno Pacheco; Tharlis, Elicarlos, Campanharo (Yann); Victor Andrade, Lourency e Everaldo. Técnico: Claudinei Oliveira

Arbitragem: Bráulio da Silva Machado; Auxiliares: Alex dos Santos e Carlos Felipe Schmidt

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.