Sul tem o melhor desempenho do estado na venda de veículos

Região registra crescimento de 13,37% na comparação com os primeiros cinco meses do ano passado  

Foto: Lucas Colombo/TN
- PUBLICIDADE -

 

Marciano Bortolin

- PUBLICIDADE -

Criciúma/Araranguá

O setor automobilístico tem motivos de sobra para comemorar. No acumulado do ano, o Sul do estado registrou o melhor desempenho entre todas as regiões do estado: 13,37% em comparação ao mesmo período do ano passado. O levantamento é da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores de Santa Catarina (Fenabrave-SC) e leva em conta a comercialização das três microrregiões: Associação dos Municípios da Região Carbonífera (Amrec), Associação dos Municípios do Extremo Sul Catarinense (Amesc) e Associação dos Municípios da Região de Laguna (Amurel). Foram 2,4 mil veículos comercializados em maio, enquanto abril somou 2,2 mil. Em maio de 2018, foram 1,8 mil. O destaque na região são as vendas de ônibus que cresceram 170%, seguido dos caminhões com 35,94% e das motos com 25,08%.

Somente a Amrec registrou elevação de 18,32% no comparativo com o mesmo mês do ano passado. Melhor ainda para a Associação dos Municípios do Extremo Sul Catarinense (Amesc), que chegou aos 22% no mesmo período.

Por outro lado, o crescimento do primeiro quadrimestre de 2019 ficou 5,5% menor que os 10% de crescimento registrado no mercado nacional. “Santa Catarina sempre recupera antes, ou seja, em 2018 cresceu mais que o Brasil e neste ano está mais lenta como toda a economia. Em 2018 e 2019 o estado está acima do Brasil”, comenta o delegado Regional Sul da Fenabrave/SC, Renato Angeloni Costa.

No comparativo com o mês de abril, a região se saiu bem melhor que Santa Catarina: 8,49%, enquanto o estado teve queda de -1,80%.

*A reportagem completa você confere no Tribuna de Notícias desta sexta-feira, dia 7.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Por: Marciano Bortolin
Em: Criciúma

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.