Sob chuva e nos pênaltis, Barçarrecco conquista o Suíço de Morro da Fumaça

Após empate em 2 a 2 com o Estrela Vermelha no tempo normal, equipe foi mais eficiente nas penalidades. Associação Celucon ficou com a terceira posição

Foto: Divulgação
- PUBLICIDADE -

Redação

Sobrou emoção e bom futebol na decisão do Campeonato Municipal de Futebol Suíço de Morro da Fumaça (Taça Celucon), realizada neste sábado, 11, na comunidade de Vila Rica, no distrito de Estação Cocal. Após empate em 2 a 2 no tempo normal, o Barçarrecco foi melhor que o Estrela Vermelha nas cobranças de pênaltis e ficou com o troféu de campeão. Além disso, a equipe emplacou o goleiro Deivis como o menos vazado. O vice-campeão teve o artilheiro: Anderson Butiá, com 12 gols marcados ao longo da competição.

- PUBLICIDADE -

Jogo disputado

Mesmo com muita chuva, os dois times apresentaram um bom futebol, buscando o gol desde os primeiros minutos, mas foi o Barçarrecco quem abriu o placar. Após cobrança de falta ensaiada, Dedê acertou um bonito chute no ângulo, levando a vantagem para o intervalo da partida.

Foto: Divulgação

No segundo tempo, coube a Foguinho empatar para o Estrela Vermelha. O atleta aproveitou bola cruzada na área para empurrar para o fundo do gol. A equipe ainda comemorava, quando Ramires, em jogada semelhante, colocou o Barçarrecco novamente na frente. Quando o jogo parecia estar decidido, Leco, de primeira, deixou tudo igual novamente, levando a decisão para os pênaltis. Melhor para o Baraçarrecco que converteu três das quatro cobranças e levou o título.

Antes da final, a Associação Celucon fez 3 a 2 no Rocha/Zaccaron e ficou com o terceiro lugar do campeonato.

Competição de sucesso

Com dez equipes, o Municipal de Futebol Suíço de Morro da Fumaça foi considerada um sucesso e está confirmada para 2020. “Todos os times e atletas estão de parabéns pelas belas disputas que protagonizaram ao longo da competição. Com certeza realizaremos uma nova edição no próximo ano, já com dois campos de futebol suíço novos que estarão à disposição da comunidade”, salienta o prefeito Noi Coral.

Primeira vez como parceiro, Antônio Carlos Zanon, sócio proprietário da empresa Celucon diz que pretende repetir a dose em 2020. “É uma satisfação para nós sermos parceiros desta iniciativa, pois entendemos que o esporte deve ser valorizado”, diz.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.