Réu que tentou matar ex-companheira com agulha de artesanato é condenado

Homem deverá cumprir oito anos e dois meses de reclusão em regime semiaberto

- PUBLICIDADE -

Santa Rosa do Sul

Um homem de 36 anos foi condenado a oito anos e dois meses de reclusão, em regime semiaberto, pela tentativa de homicídio da ex-companheira. A sentença foi proferida em sessão do Tribunal do Júri, na comarca de Santa Rosa do Sul.

- PUBLICIDADE -

O crime aconteceu em setembro de 2018, quando o réu dirigiu-se ao local de trabalho da vítima, no centro de Praia Grande, e tentou​ matá-la com uma agulha de artesanato de 23 centímetros. A mulher, que estava de costas, viu a sombra do acusado e tentou se defender, mas foi atingida pela agulha, que atravessou seu braço e chegou a atingir seu corpo.

O Conselho de Sentença reconheceu, por maioria, como qualificadoras o motivo fútil, em função da não aceitar o término do relacionamento do casal, e o feminicídio tentado​. Na sessão, que aconteceu nesta quarta-feira, 24, e foi presidida pelo juiz Renato Della Giustina, o homem também foi condenado a um mês de detenção por ameaça. Ele teria dito, em agosto de 2018, que iria matar a vítima caso a visse com outro homem.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.