Orleans: condenado motorista embriagado que tentou subornar policiais militares

O réu foi condenado por dirigir embriagado e corrupção ativa a pena de dois anos de reclusão e seis meses de detenção, convertida em prestação de serviços à comunidade por igual período da reprimenda mais prestação pecuniária de dois salários mínimos em favor de entidade a ser indicada.

- PUBLICIDADE -

Um motorista que dirigia embriagado e tentou subornar policiais ao ser abordado foi condenado pelo juízo da comarca de Orleans. O fato aconteceu em fevereiro de 2017, quando policiais militares foram acionados para atender um acidente de trânsito, colisão entre veículos sem vítimas, mas ao chegarem no local não localizaram um dos motoristas envolvidos nem seu automóvel.

Eles só conseguiram encontrar o veículo em outro local e imediatamente constataram que o motorista estava com sinais visíveis de embriaguez. Após realizarem teste do bafômetro, com resultado de 1,13 mg/l, deram voz de prisão ao homem. Além deste crime, no trajeto para a delegacia do município vizinho de Lauro Müller, o cidadão teria oferecido dinheiro aos policiais para que o liberassem. Acabou por receber nova voz de prisão.

- PUBLICIDADE -

Em juízo, ele confessou ter consumido bebida alcoólica e que teria oferecido os valores em um momento de desespero. O réu foi condenado por dirigir embriagado e corrupção ativa a pena de dois anos de reclusão e seis meses de detenção, convertida em prestação de serviços à comunidade por igual período da reprimenda mais prestação pecuniária de dois salários mínimos em favor de entidade a ser indicada. Cabe recurso ao Tribunal de Justiça.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.