Nova Veneza zera fila de espera nos Centros Educacionais

As crianças entre 0 a 3 anos serão atendidas a partir de segunda-feira, dia 4, nos Centros Educacionais Nona Angelina Nazari, na sede de Nova Veneza, Teresinha Pasetto Spilere, no Distrito de Caravaggio Caravaggio e Antônio Cavaler, no São Bento Baixo. Também foram criadas mais duas salas para atender a demanda no Instituto Sagrada Família.

- PUBLICIDADE -

A fila de espera por vagas no Centros Educacionais (creches) de Nova Veneza foi zerada, segundo a Secretaria Municipal de Educação. As crianças entre 0 a 3 anos serão atendidas a partir de segunda-feira, dia 4, nos Centros Educacionais Nona Angelina Nazari, na sede de Nova Veneza, Teresinha Pasetto Spilere, no Distrito de Caravaggio Caravaggio e Antônio Cavaler, no São Bento Baixo. Também foram criadas mais duas salas para atender a demanda no Instituto Sagrada Família. O município atende 214 crianças de 0 a 3 anos.

Segundo a Secretaria Municipal da Educação, Teresa Spilere Marangoni zerar a fila foi possível com três ações: gestão eficiente de matrículas; criação de mais salas de aula em um novo espaço e oferecendo transporte escolar. “Todas as creches estão prontas para receber as crianças que iniciam suas atividades na próxima segunda. Alguns ajustes, como pequenos reparos e adequações foram necessárias, para que as estruturas ficassem preparadas para o início do ano letivo. É importante ressaltar que, neste ano, conseguimos zerar a lista de espera de crianças na sede do município, que precisam de atendimento”, comentou.

- PUBLICIDADE -

Rede municipal

Já no dia 18, retornam as aulas os estudantes da rede municipal de ensino do pré-escolar, Fundamental I e II. Ao todo, são 1556 alunos matriculados da creche ao fundamental II.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.