- PUBLICIDADE -

Terra de trabalho, indústrias fortes e berço de pessoas que lutam pelo desenvolvimento.  Somando conquistas e projetando crescimento, Morro da Fumaça completa nesta segunda-feira, 20 de maio, 57 anos de emancipação político-administrativa. Com aproximadamente 17 mil habitantes, o município está localizado a 19 quilômetros de Criciúma, 199 quilômetros de Florianópolis e é economicamente pautado pelas indústrias, de diferentes segmentos. “É uma satisfação e motivo de orgulho fazer parte da história de Morro da Fumaça. Hoje, nossa gestão toma decisões que transforma positivamente o futuro dos moradores”, afirma o prefeito Agenor Coral, o Noi.

Morro da Fumaça também comemora os 115 anos do Distrito de Estação Cocal. Conforme os escritores do livro “Estação Cocal: 100 anos de história” Agenir Donato Zaccaron, José Hugo de Rochi, Rafael Sorato e Rangel de Rochi, o local conta com 3.324 moradores e está a sete quilômetros de Morro da Fumaça. Fazem parte do Distrito as comunidades de Linha Pagnan, Linha Bortolato, Mina Fluorita e Vila Rica. Eles também destacam na obra que não há registros específicos de uma data de fundação, mas acredita-se que o ano foi 1904 como consta na placa situada em frente à Capela Santa Catarina.

- PUBLICIDADE -

Mudanças beneficiam moradores

Entre as mudanças que afetaram positivamente o cotidiano da população, o prefeito destaca a recisão do contrato com a Companhia Catarinense de Água e Saneamento (Casan) e início da parceria com o Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae). “Melhoramos a qualidade da água e diminuiu em até 80% o risco de falta de abastecimento. O valor da taxa diminuiu aproximadamente R$ 2, mas os benefícios foram superiores”, relata o prefeito.

Atualmente, quase todos os bairros do município estão em obras. No entanto, a mais importante é na Rodovia Tranquilo Sartor, que de acordo com o vice-prefeito Eduardo Guollo, liga o centro de Morro da Fumaça às comunidades do interior. Serão pavimentados mais de três quilômetros e investidos em calçadas e drenagem, totalizando R$ 4,1 milhões, através do Programa Avançar Cidades.“ Todas essas melhorias influenciam positivamente no cotidiano da população e melhoram a qualidade de vida. É uma satisfação muito grande vivenciar esse momento de crescimento expressivo de Morro da Fumaça”, destaca Guollo.

Confira a matéria especial completa na edição do TN dessa segunda-feira, 20 de maio. 

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.