Morro da Fumaça: Governo repassa reajuste para profissionais da educação

Aumento de 4,17% já estará na folha de pagamento de janeiro e contempla os 241 trabalhadores da educação do município. Agora projeto segue para votação dos vereadores

- PUBLICIDADE -

Todos os 241 profissionais da Rede Municipal de Ensino de Morro da Fumaça receberão reajuste de 4,17% em 2019. O valor corresponde ao ajuste anual do piso do Magistério e os novos valores já estarão na folha de pagamento de janeiro.

Além de todos os professores que atuam na Rede Municipal de Ensino, profissionais como zeladoras, especialistas, auxiliares de ensino e administrativo também terão aumento no salário, além dos Admitidos em Caráter Temporário (ACTs).

- PUBLICIDADE -

Para que o reajuste esteja já na folha de pagamento de janeiro, o projeto precisa ser aprovado pelos vereadores, para isso, o prefeito Noi Coral convocará uma sessão extraordinária. Caso não haja tempo hábil, os valores serão pagos em fevereiro, porém retroativos a janeiro.

O vice-prefeito Eduardo Sartor Guollo lembra que o valor integral do repasse em janeiro de 2019 foi acordado ainda no início do ano passado. “No ano passado, infelizmente, não conseguimos fazer o repasse que queríamos porque fechamos 2017 com o limite prudencial da folha de pagamento acima dos 51,3%, o que nos impossibilitava, mas conseguimos corrigir isso em 2018 e compensar os profissionais agora em 2019, já neste mês. Isto demonstra a nossa preocupação com o bom uso dos recursos públicos, equilibrando as contas e fazendo este reajuste agora”, fala.

Profissionais das secretarias do Sistema de Educação e do Sistema Econômico debatem o assunto há algumas semanas, até definir o reajuste de 4,17%. “Isto mostra, antes de mais nada, a valorização dos servidores. Sabemos da importância que estes profissionais têm na educação de nossos jovens”, ressalta o prefeito Noi Coral.

No ano passado, o Governo Municipal de Morro da Fumaça investiu R$ 15,7 milhões na folha de pagamento dos profissionais da educação, proveniente do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) e de recursos próprios. Com o reajuste de 4,17%, o repasse de 2019 terá incremento de 654 mil.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.