Morro da Fumaça: em 2018, mais de R$ 900 mil investidos na merenda escolar

Destes, mais de 620 mil são de recursos próprios e cerca de R$ 290 mil do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE)

- PUBLICIDADE -

Oferecer uma alimentação saudável e nutritiva às crianças e adolescentes das escolas da Rede Municipal de Ensino. Estes são alguns dos objetivos da Administração de Morro da Fumaça que em 2018 chegou a R$ 912.824,63 investidos na alimentação dos alunos. Os números colocam o município como um dos que mais investe entre os 12 da Associação dos Municípios da Região Carbonífera (Amrec). Do valor total, R$ 653.608,524 são de recursos próprios e R$ 289.216,39 são do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

Além da preocupação com a alimentação de qualidade, a ação do Governo Municipal colabora com os agricultores familiares da cidade. “Trabalhamos para que os nossos alunos tenham uma merenda de qualidade todos os dias. Por isso, além dos produtos adquiridos junto aos agricultores familiares, também possuímos profissionais capacitados que organizam o cardápio, sempre fornecendo uma alimentação saudável e balanceada”, destaca o prefeito, Noi Coral.

- PUBLICIDADE -

Valorização da agricultura familiar

Atualmente a aquisição de produtos beneficia 27 agricultores familiares de todo o município. “Além de dar uma merenda melhor para os alunos, esta ação também contribui e valoriza os nossos produtores”, fala o vice-prefeito, Eduardo Sartor Guollo.

Ao todo, são mais de 2,6 mil alunos beneficiados pela boa alimentação. “Nos preocupamos com a alimentação de cada um dos jovens que frequentam as nossas unidades escolares, sempre garantindo uma merenda de qualidade e nutritiva”, comenta a secretária do Sistema de Educação, Cultura, Esporte e Turismo, Greicy Zaccaron.

Cada vez mais qualidade

No início de 2019, o prefeito Noi Coral assinou o contrato com a Cooperativa da Agricultura Familiar Fumacense para o fornecimento de gêneros alimentícios às escolas. São mais de 50 tipos de produtos que são entregues por diversos produtores, entre eles estão: alface, arroz, batata, banana, cenoura, brócolis, farinha, entre outros. “A cada ano que passa vem aumentando o valor da merenda que é comprada da agricultura familiar fumacense. A venda de produtos para a merenda de nosso município é de suma importância quando se trata de qualidade para nossas crianças e de valorização dos nossos agricultores”, cita a diretora de Serviços Rurais, Patrícia Coral.

No início de cada ano, a nutricionista da Secretaria do Sistema de Educação prepara o calendário que garante que os estudantes recebam a merenda desde o primeiro dia de aula.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.