Jaguaruna: voos continuam suspensos e aeroporto espera parecer da Anac

Para RDL, terminal cumpre determinação da Agência Nacional de Aviação, que não obriga serviço em locais com menos de 200 mil passageiros ao ano

- PUBLICIDADE -

Os voos da empresa aérea Latam, via Aeroporto Regional Humberto Guizzo Bortoluzzi, de Jaguaruna, continuam suspensos e com previsão de retorno apenas para próxima quarta-feira, 17 de abril. A decisão foi informada na última quinta-feira, 11, quando em nota oficial, a empresa explicou que as viagens foram canceladas em virtude da Suspensão de Prevenção, Salvamento e Combate a Incêndio (Sescinc) do terminal. Bombeiros e caminhão estão apostos, porém como o serviço não é obrigatório devido ao porte do aeroporto, ele foi suspenso. No entanto, até o fechamento dessa reportagem, o diretor comercial da RDL, empresa responsável pela administração do terminal, André Constanzo, esperava um parecer favorável da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

O pedido é para que seja retirada da rede interna das empresas áreas, a notificação sobre a falta do serviço, a fim de evitar novos problemas aos usuários. Constanzo explica que o aeroporto segue a determinação 455 da Anac, que isenta os terminais com menos de 200 mil passageiros ao ano de oferecer o serviço. E por isso, não está fora dos padrões estabelecidos. “A minha expectativa é positiva. Eles querem revogar essa suspensão, mas é preciso passar por uma burocracia, o que é normal porque a Anac é a autarquia que regula os serviços do aeroporto”, explica.

- PUBLICIDADE -

Confira matéria completa na edição do Jornal Diário de Notícias desse final de semana. 

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.