Hipertensão Pulmonar é grave e pouco conhecida

Doença rara, afeta mulheres de meia idade e jovens. Com indícios semelhantes de um problema de saúde comum demora a ser diagnosticada

- PUBLICIDADE -

Falta de ar constante, tosse, inchaço, dor torácica e desmaios constantes podem ser indícios de uma doença rara e pouco conhecida pela maioria dos catarinenses: a hipertensão pulmonar.  Trata-se de um conjunto de alterações que dificulta a passagem do sangue pelas artérias e veias pulmonares, esse processo pode sobrecarregar o coração que precisa fazer cada vez mais força para impulsioná-lo adiante. O médico pneumologista, Renato Matos, explica que não é fácil estabelecer um diagnóstico, já que muitos outros problemas de saúde possuem sintomas semelhantes.

“A câmera esquerda do coração, que bombeia o sangue que vai para o corpo, é forte. Já a câmera direita, que bombeia o sangue que vai para o pulmão, é fraca. Quando a pressão do pulmão sobe, a câmara direita não consegue lidar com esse aumento de pressão, e o paciente começa a ter uma insuficiência respiratória”, destaca o médico.

- PUBLICIDADE -

Confira a matéria completa na edição do Diário de Notícias de segunda-feira, 11. 

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.