Criciúma vence a primeira na Série B

Com golaço de Léo Gamalho, Tigre bateu o Guarani pelo placar simples de 1 a 0

Foto: Caio Marcelo/Criciúma E.C.
- PUBLICIDADE -

Lucas Renan Domingos

Criciúma

- PUBLICIDADE -

Acabou o jejum do Criciúma. Na quinta rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, o Tigre conseguiu a primeira vitória na competição. Em jogo contra o Guarani na noite desta terça-feira, o Tigre conseguiu derrotar o adversário com um grande gol de Léo Gamalho.

O time de Gilson Kleina teve as melhores oportunidades durante todo o primeiro tempo, mas abriu o placar logo aos dez minutos. O Tigre chegou a ficar com um a menos no início da segunda etapa com a expulsão de Derlan. Mesmo assim, o Tricolor conseguiu segurar o placar e garantir os três pontos.

Primeiro tempo

O Criciúma começou melhor a partida. Aos quatro minutos Vinícius roubou a saída de bola do Guarani e tinha tudo para finalizar, livre de marcação. Preferiu dar mais um corte e foi atrapalhado pela zaga do Bugre. Perdeu a chance. Depois, foi a vez do time paulista arriscar. Arthur chutou de fora da área e Paulo Gianezini fez boa defesa.

O Tigre conseguiu abrir o placar cedo. Léo Gamalho recebeu da intermediária e soltou um foguete de fora da área. Estufou a rede do Guarani para fazer 1 a 0. Aos 27 minutos, o Tricolor Carvoeiro perdeu uma outra grande chance. Desta vez com o lateral Marcos Vinícius. Ele se atirou na bola, na pequena área, após cruzamento do Vinícius, mas pegou errado na bola e perdeu com o gol aberto.

Apesar de movimentado, as equipes pecavam para conseguir finalizar. Do lado do Tigre, Marlon passou cruzou na área e ninguém fez o corte. A bola ficou com Marcos Vinícius, que mandou rasteiro. A bola passou pela pequena área e ninguém completou.

Já o Guarani, tentou ainda em uma bola parada. Em falta cobrada na área, a zaga do Criciúma cortou parcialmente e ela ficou viva dentro da área. Diego Cardoso ainda tentou completar com um voleio e Léo Gamalho afastou o perigo de cabeça. Terminou assim o primeiro tempo.

Segundo tempo

No início da segunda etapa, o Criciúma ficou com um a menos. Derlan, que já tinha cartão amarelo, deu um carrinho em Deivid, com menos de um minuto. Tomou o segundo amarelo e foi expulso.

O Guarani se aproveitou e foi para cima. Aos quatro minutos, Daniel Cardos acertou bom chute de fora da área. A bola passou próxima do pé da trave de Paulo Gianezini e saiu em linha de fundo. O Criciúma não tinha sorte. Marcos Vinícius também sentiu e teve que ser substituído por Liel.

O Criciúma só conseguiu oferecer perigo mais uma vez aos 20 minutos do segundo tempo. Léo Santos aproveitou cobrança de escanteio de Wesley e cabeceou com força. Giovanni fez grande defesa e impediu mais um do Tigre. Ricardinho bateu de muito longe e acertou a trave esquerda de Paulo Gianezini.

No lance seguinte, no toque de bola, o Guarani conseguiu um disparo dentro da área. Diego Cardoso recebeu quase na marca de pênalti e bateu de primeira. A bola bateu na zaga do Tigre e sobrou com Arthur que emendou o chute e forçou Paulo Gianezini fazer grande defesa. O rebote ia ficando mais uma vez com a equipe paulista, mas bandeira viu Diego Cardoso em impedimento e parou a jogada.

Foi a vez do Bugre desperdiçar grande chance. Arthur fez ótimo lançamento e achou Eder Luis dentro da área. Ele chutou cruzado, mas pegou com muita força e a bola subiu demais. O Guarani cresceu no fim. Já era 39 minutos quando Paulo Gianezini salvou o Tigre. Felipe Amorim fez grande jogada pelo lado esquerdo e cruzou para o meio da área. Diego Cardoso finalizou e o goleiro do Criciúma fez a defesa.

O Guarani também ficou com um a menos. Matheusinho deu uma cotovelada em Andrew e levou o segundo amarelo. Daí pra frente não houve mais lances de perigo. Fim de papo e vitória do Tigre.

 

Ficha técnica:

Criciúma:

Paulo Gianezini; Maicon (Léo Santos), Sandro e Derlan; Adilson Goiano, Eduardo, Marcos Vinícius (Liel), Marlon e Wesley; Vinícius(Andrew) e Léo Gamalho.

Técnico: Gilson Kleina

 

Guarani:

Giovanni; Léo Principe, Ferreira, Xandão e Diego Giaretta; Deivid (Rondinelly (Felipe Amorim)) e Ricardinho; Deivid Souza (Matheusinho), Arthur Rezende e Eder Luis; Diego Cardoso.

Técnico: Vinícius Eutrópio

 

Cartões amarelos:

Vinícius, Paulo Gianezini e Léo Gamalho (Criciúma); Arthur (Guarani)

Cartões vermelhos:

Derlan (Criciúma); Matheusinho (Guarani)


Local:
Estádio Heriberto Hülse, Criciúma(SC)

Quando: Terça-feira, 20/05

Horário:  19h15min

 

Árbitro: Antônio Dib Moraes de Souza(PI), com Márcio Igléssias Araújo Silva(PI) e Alisson Lima Damasceno(PI)

 

Público: 3.022

Renda: R$ 52.155

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.