Criciúma: Procon orienta consumidores da Celesc a formalizarem reclamação

Um ofício será emitido, com todas reclamações, a fim de que estas sejam encaminhadas ao Ministério Público do Estado de Santa Catarina, 7ª (Sétima) Promotoria de Justiça da Comarca de Criciúma/SC, para análise técnica e uma possível instauração de inquérito e possível Ação Civil Coletiva.

Foto: Lucas Colombo/DN
- PUBLICIDADE -

O Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) de Criciúma está orientando os consumidores que estão se sentindo lesado por quase da conta de energia da Celesc que procurem o órgão de defesa do consumidor para formalizar sua reclamação, visando a tomada de futuras medidas judiciais e administrativas, com vistas a reparar eventuais prejuízos.

Conforme o coordenador executivo do Procon de Criciúma, Luis Gustavo Colle, um ofício será emitido, com todas reclamações, a fim de que estas sejam encaminhadas ao Ministério Público do Estado de Santa Catarina, 7ª (Sétima) Promotoria de Justiça da Comarca de Criciúma/SC, para análise técnica e uma possível instauração de inquérito e possível Ação Civil Coletiva.

- PUBLICIDADE -

Para atendimento junto ao Procon, é indispensável a apresentação dos documentos pessoais, bem como das faturas que, por ventura, tenham sofrido aumento a ser questionado.

O Procon de Criciúma fica localizado à rua Henrique Lage, 267 – Centro – Criciúma – SC, e o atendimento é realizado das 8h às 17h (sem fechar ao meio-dia). Mais informações pelo telefone 151 ou 3445-8522.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.