Criciúma perde para o Atlético-GO

Tigre foi derrotado pelo placar de 3 a 1 e agora amarga uma das posições na zona de rebaixamento

Foto: Reprodução/SporTV
- PUBLICIDADE -

Lucas Renan Domingos

Goiânia(GO)

- PUBLICIDADE -

O Criciúma não vive um bom momento na Série B do Campeonato Brasileiro. Em quatro rodadas, o Tigre segue sem vencer na competição. Ontem, foi derrotado mais uma vez. Jogando no Estádio Antônio Accioly, contra o Atlético-GO, o Tricolor Carvoeiro não ofereceu grandes riscos ao adversário e acabou sendo superado pelo placar de 3 a 1.

Pedro Raul abriu o placar para os donos da casa e Nicolas e Bustamante completaram o placar. Léo Gamalho, no fim, diminuiu para o Tigre. Com o resultado da partida, o Criciúma amarga uma das posições na zona de rebaixamento da Série B. O próximo desafio será na próxima terça-feira, contra o Guarani, no Estádio Heriberto Hülse.

Primeiro tempo

A primeira oportunidade do jogo, veio com o Atlético-GO. Matheus disparou rasteiro de fora da área. Paulo Gianezini foi bem e fez a defesa. O jogo era truncado. Os dois times tinham dificuldades de chegar ao ataque. O Criciúma, por exemplo, só finalizou aos 24 minutos do primeiro tempo. Eduardo ficou com a sobra na entrada da área e mandou por cima do gol do Dragão.

Os donos da casa também perderam grande chance. Léo Santos subiu para cortar o cruzamento e a bola ficou com Mike. Dentro da área, de cara para o gol, o atacante do Atlético-GO pegou muito mal na bola e desperdiçou. O Dragão continuava melhor e pressionada no fim do primeiro tempo.

Era 35 minutos quando a zaga do Criciúma cortou um cruzamento na área. O rebote caiu nos pés de Nicolas, na entrada da pequena área, que finalizou de primeira. Paulo Gianezini fez bela defesa mais uma vez. Mas o gol do Atlético-GO saiu ainda no primeiro tempo. Mike invadiu a área pelo lado esquerdo e cruzou para Pedro Raul, que dominou, girou e mandou para a rede. 1 a 0.

Mike ainda teve a chance de mandar mais uma bola perigosa antes do intervalo. De fora da área ele disparou rasteiro e a bola passou rasteira muito próximo do gol do Tigre, porém para a linha de fundo.

Segundo tempo

No segundo tempo, Kleina trocou Lúcio Flávio por Léo Gamalho. Mas quem continuou melhor foi o Atlético-GO. Aos sete minutos da segunda etapa, Matheus abriu e finalizou cruzado. A bola passou perigosamente na frente de Paulo Gianezini e saiu em tiro de meta.

O Criciúma tentou colocar uma pressão aos dez minutos do segundo tempo, mas não conseguia concluir. Mas foi o Dragão que ampliou. Nicolas cobrou falta forte, a bola passou pelo meio da barreira e morreu dentro do gol do Tigre. 2 a 0.

O Tricolor Carvoeiro tentou responder com Daniel Costa. De muito longe, o camisa dez bateu falta direto para o gol. A finalização quase pegou Koslinski de surpresa, que conseguiu fazer a defesa. E o Atlético-GO só não ampliou porque perdeu na cara do gol. Jarro, sozinho, dentro da área subiu para cabecear, mas pegou mal na bola.

A resposta do Criciúma veio somente aos 30 do segundo tempo. Vinícius limpou a jogada e arriscou de longe. A bola passou pelo gol e foi para fora. Lance de perigo. O Tigre cresceu na reta final. Em boa jogada, Daniel Costa achou Ceará na área. O atacante do Tricolor Carvoeiro ia finalizar quando a zaga fez o corte na hora certa.

Aberto, o Criciúma deu o contra-ataque para o Dragão. Mike chegou bem ao ataque, abriu e disparou de perna esquerda. Para fora. E Paulo Gianezini apareceu mais uma vez. Na sua primeira participação no jogo. Bustamante bateu falta no canto do gol e o goleiro do Tigre fez boa defesa.

A situação piorou para o Criciúma com 42 minutos. Mike foi na linha de fundo, cruzou rasteiro, a bola passou por baixo do goleiro do Tigre e parou no pé de Bustamante que deu o carrinho na área e mandou para o gol para completar o placar. 3 a 0.

O Criciúma ainda teve tempo de descontar. Na cobrança de escanteio, Sandro desviou e na segunda trave, Léo Gamalho só teve o trabalho de empurrar para o gol. Determinou o fim de jogo o árbitro.

 

Ficha técnica:

Atlético-GO:

Kozlinski; Reginaldo, Lucas Rocha, Gilvan e Nicolas; Pedro Bambu, Moacir e Matheus (Bustamante); Gilsinho (Jarro), Pedro Raul (Pedrinho) e Mike;

Técnico: Wagner Lopes

Criciúma:

Paulo Gianezini; Marcos Vinícius, Léo Santos, Sandro e Marlon; Adilson Goiano, Eduardo(Daniel Costa) e Wesley, Andrew(Ceará), Vinícius e Lúcio Flávio (Léo Gamalho);

Técnico: Gilson Kleina

Árbitro: Rafael Martins Diniz(DF), com Luciano Benevides de Sousa(DF) e Leila Naiara Moreira da Cruz(DF)

 

Cartões amarelos:

Sandro(Criciúma);

 

Cartões vermelhos:

Não houve

 

Local: Estádio Antônio Accioly, Goiânia(GO)

Data: Sexta-feira, 17/05

Horário: 19h15min

 

Público: 1.951

Renda: R$ 17.775.00

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.