Criciúma: notícias positivas para implantação da UPA do Rio Maina

Prefeito se reuniu com o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, em busca da garantia do repasse de recursos da União para o custeio da nova estrutura

- PUBLICIDADE -

O prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro, retornou de Brasília, onde esteve reunido com o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, com respostas positivas para a implantação e custeio da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 Horas do Rio Maina. O encontro ocorreu nesta quarta-feira (13) e contou com a participação dos deputados federais Daniel Freitas e Geovânia de Sá, além do vereador Aldinei Potelecki.

Salvaro revelou a Mandetta a intensão da Prefeitura de Criciúma de utilizar recursos municipais para instalar uma UPA 24 Horas na atual Policlínica do Rio Maina e solicitou o repasse de verbas do Governo Federal para o custeio da estrutura. “O ministro foi atencioso e solícito com os pleitos de Criciúma. Informei ao ministro que nós temos condições de transformar a Policlínica do Rio Maina em UPA. O que precisamos é da garantia do repasse de recursos da União para o funcionamento da estrutura”, afirma o prefeito. A Administração Municipal visa implantar uma UPA 24 Horas com área de abrangência de 200 mil habitantes no distrito do Rio Maina.

- PUBLICIDADE -

O ministro sinalizou positivamente às pretensões do Governo de Criciúma. “Ele deu o aval para concluirmos as obras na unidade e pediu para discutirmos o assunto na Comissão Intergestores Bipartite e encaminharmos toda a documentação necessária à União, que pode assumir o custeio da estrutura. É uma ótima notícia para os moradores, que estão prestes a serem beneficiados com mais uma UPA em Criciúma”, conta Salvaro.

UPA 24 Horas

A UPA 24 Horas concentra os atendimentos de saúde de complexidade intermediária, compondo uma rede organizada com a Atenção Básica e a Atenção Hospitalar. A estrutura diminui filas em pronto-socorros de unidades hospitalares e aumenta a capacidade de atendimento do Sistema Único de Saúde (SUS).

Canal Auxiliar

Em Brasília, Salvaro também pretendia convidar o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Henrique Canuto, para a solenidade de inauguração da segunda etapa das obras de implantação do Canal Auxiliar do Rio Criciúma, que deve ser realizada em abril. No entanto, por incompatibilidade de agenda, o prefeito de Criciúma não pôde se reunir com Canuto. O convite foi realizado pelo assessor de gabinete Vagner Espíndola.

A segunda etapa do Canal Auxiliar do Rio Criciúma recebeu investimento de R$ 23,7 milhões, sendo R$ 21,8 milhões provenientes do Governo Federal e R$ 1,8 milhão oriundo da Administração Municipal.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.