Criciúma: Divisão Criminal apreende arma de fogo

A Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Criciúma apreendeu uma espingarda calibre 36 com cano serrado, que foi utilizada na data no dia 14 de março, para efetuar disparo contra uma pessoa, ocorrido no bairro Monte Castelo

Foto: Lucas Colombo/Arquivo/DN
- PUBLICIDADE -

A Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Criciúma apreendeu uma espingarda calibre 36 com cano serrado, que foi utilizada na data no dia 14 de março, para efetuar disparo contra uma pessoa, ocorrido no bairro Monte Castelo, em Criciúma. De acordo com o delegado e coordenador da DIC, André Milanese, na referida data L.F.F., de 22 anos, efetuou um disparo contra R.S.F, pelo fato da vítima ter se envolvido amorosamente com a ex-companheira do investigado.

O investigado confessou a autoria do disparo, alegando que somente queria assustar a vítima, não mirando em sua direção, tendo espontaneamente realizado a entrega da espingarda à polícia civil. “O autor foi indiciado pela prática dos crimes de porte ilegal e de disparo de arma de fogo”, completa o delegado.

- PUBLICIDADE -

A divisão de homicídios desta DIC informa também que ontem foi completado dois meses sem registro de assassinato em Criciúma. “Até a presente data em 2019 foram registrados seis homicídios em Criciúma, dos quais quatro já estão solucionados, além de dois latrocínios, ambos esclarecidos, e uma morte decorrente de confronto com a polícia militar”, conclui Milanese.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Por: Maíra Rabassa
Em: Criciúma

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.