Criciúma: Curso de Ciências Contábeis abre 3º Salão de Iniciação Científica

Evento envolve acadêmicos da primeira fase no primeiro contato com a pesquisa acadêmica

- PUBLICIDADE -

Os alunos da primeira fase do curso de Ciências Contábeis tiveram uma grande experiência na noite desta terça-feira (25/6). Eles participaram do 3º Salão de Iniciação Científica do curso, evento que promove a apresentação de pôsteres de trabalhos científicos realizados pelos acadêmicos em duplas ou trios. Esse é o primeiro contato da turma com a pesquisa científica e visa introduzir o universo da pesquisa de forma prática para aproximá-la dos acadêmicos já no início da graduação. O evento é coordenado pela professora Ana Paula Silva dos Santos e contou com a participação de egressos do curso e uma colega doutoranda visitante para realizar a avaliação dos trabalhos.

Ver a concretização da terceira edição do Salão de Iniciação Científica, para a coordenadora do curso, Milla Lucia Ferreira Guimarães, é um grande orgulho. Conforme Milla, o evento marca uma nova diretriz que o curso vem tomando. “É um novo olhar no sentido de ir além das pesquisas. Esse projeto envolve ensino, pesquisa e extensão que lhes dá uma grande experiência, que levarão por toda a graduação. Além de todo o aprendizado teórico, vocês foram para as empresas, estudaram, conheceram pessoas e isso já é mais um ponto positivo, pois é um grande networking”, destacou.

- PUBLICIDADE -

Líder do Necon (Núcleo de Estudos Contábeis) e representando também o Negeo (Núcleo de Estudos em Gestão Organizacional), a professora Andréia Cittadin aproveitou a oportunidade de participar da abertura do evento para destacar a importância da introdução na área acadêmica. “Esse contato inicial já pode despertar o interesse para que vocês escolham essa área de atuação. A pesquisa é mais uma forma de atuar na profissão. Ela é muito importante porque contribui com o que já existe na teoria, mas também tem relevância prática para trazer novos mecanismos, novas formas de controle que se possa aplicar lá no dia a dia”, salientou aos acadêmicos.

Estar diante de trabalhos tão ricos, para a professora e assessora pedagógica Andreia Rabelo Marcelino, que representou a reitoria da Unesc, foi uma grata surpresa. “Desde o momento que cheguei fiquei olhando os trabalhos e me deliciando com aquilo que encontrei. Pesquisas interessantes. E apenas depois a professora Ana Paula me disse que são de primeira fase. Isso é muito valioso. Um professor disponibilizar a sua aula para incentivar aos alunos no ensino, na pesquisa e na extensão, é formidável. Os acadêmicos nem imaginam a grande oportunidade que receberam com essa abertura”, completou.

Idealizadora da ação, Ana Paula parabenizou a dedicação de todos os alunos ao trabalho e garantiu que o significado de todo o esforço será melhor entendido ao longo do curso. “Vocês ainda não têm a ideia do que estão fazendo, mas quando chegarem nas últimas fases verão que o que fizeram aqui foi, sim, algo muito bom e grande. Nosso objetivo principal foi desmistificar aquele medo do que é a ciência, mostrando que é simples, mas precisa de dedicação e isso vocês tiveram”, pontuou a professora.

Após a abertura oficial, os grupos fizeram as apresentações dos banners aos avaliadores e aos demais visitantes.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.