Criciúma: acadêmicos da Faculdade Satc desenvolvem linha graneleira da Librelato

Equipes formadas por alunos de Design e Engenharia Mecânica irão apresentar as propostas

- PUBLICIDADE -

Dois mundos diferentes unidos para a realização de um projeto. Os cursos de Design e Engenharia Mecânica da Faculdade Satc estão trabalhando juntos no desenvolvimento da linha graneleira (parte do caminhão que transporta as cargas) da Librelato S.A Implementos Rodoviários. A empresa propôs o desafio de inovar e melhorar a eficiência do produto, além da sustentabilidade ambiental, focando em um item ou em todo o conceito da linha.

Os acadêmicos foram divididos em cinco equipes com três alunos de Design (1ª a 6ª fase), três de Engenharia Mecânica (5ª a 10ª fase) e um estudante de outro curso de graduação da Faculdade Satc (qualquer fase). “Realizamos visitas na Librelato para entender a parte técnica, assim como eles também vieram na instituição por meio de encontros e workshops desde o ano passado”, explica a coordenadora do curso de Design, Solange Silverio Bianchini.

- PUBLICIDADE -

Durante os quatro meses de desenvolvimento do projeto, os acadêmicos foram orientados por professores da Satc com a participação de colaboradores da empresa parceira. “É uma atividade extracurricular, porque não tem nenhuma disciplina envolvida. É um desafio novo para os acadêmicos trabalharem com equipes de áreas tão distintas. Eles terão a visão do processo real do mercado”, ressalta Solange.

Na próxima quinta-feira (16), as equipes apresentarão as propostas desenvolvidas para colaboradores da Librelato. Na semana seguinte, dia 23, os ganhadores serão conhecidos. Eles receberão uma premiação em dinheiro. Os dois eventos contarão com a presença de diretores da empresa e da Satc. Também será oferecido estágio na Librelato para os integrantes da equipe que ficar em 1º lugar.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.