Casan pede mais prazo para prefeito Clésio Salvaro

Uma nova reunião foi marcada para o dia 14 de março, a partir das 15 horas, no Paço Municipal de Criciúma

- PUBLICIDADE -

A Companhia de Águas e Saneamento (Casan) pediu mais uns dias para o prefeito Clésio Salvaro para analisar as solicitações. Uma nova reunião foi marcada para o dia 14 de março, a partir das 15 horas, no Paço Municipal de Criciúma. Isso ficou definido em reunião realizada nesta quinta-feira, 28, na sede da Casan, em Florianópolis, com a atual presidente da estatal, Roberta Maas dos Anjos. Salvaro quer a redução de 40% na cobrança da taxa de esgoto e 6% de participação nos lucros da empresa.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Por: Maíra Rabassa
Em: Florianópolis

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.