Aulas da rede estadual iniciam nessa segunda-feira

- PUBLICIDADE -

O ano letivo começa hoje para aproximadamente 600 mil alunos da rede estadual de Santa Catarina. Na Associação dos Municípios da Região Carbonífera (Amrec), foram feitas aproximadamente 4 mil novas matrículas em 60 instituições de ensino que divididas nas 12 cidades. Para garantir que o começo desse período ocorra bem, os preparativos foram intensos nas últimas semanas. O quadro de docentes nas salas de aula catarinenses foi reforçado com 911 novos professores efetivos para as disciplinas de Artes, Língua Portuguesa e Inglesa, Matemática, Geografia, História, Sociologia, Química, Filosofia e Educação Física.

Para finalizar, os profissionais da educação se reúnem durante toda esta semana para planejar e alinhar ações do primeiro semestre letivo. A formação é realizada para os mais de 40 mil professores, gestores e coordenadores, nas 1.073 escolas da rede estadual.“Esse é o momento de organização. Vamos dar tranquilidade para as escolas começarem o ano letivo. As equipes da Gerência de Educação estão trabalhando para atender todas as demandas em uma ação coletiva com as secretarias das escolas”, afirma a gerente de educação, Ronisi Cristina Agostinho Silva Guimarães.

- PUBLICIDADE -

Mais recursos para o transporte escolar

Em 2019, o Governo do Estado repassará R$ 95,5 milhões para que os municípios arquem com os custos do transporte escolar dos alunos da rede estadual. O valor representa um incremento de quase R$ 8 milhões em relação ao ano passado.

Esse aumento é resultado de um acordo entre a SED, a Federação Catarinense de Municípios (Fecam) e a União dos Dirigentes Municipais de Educação de Santa Catarina (Undime/SC). “Mais uma vez tivemos agilidade neste processo e iniciaremos o ano letivo com os valores já definidos. A parceria entre SED e Fecam continua forte”, comenta o prefeito de Tubarão e presidente da Fecam, Joares Ponticelli.

O documento foi assinado por Uggioni, Ponticelli e o secretário Municipal da Educação de Águas Mornas e representante da Undime/SC, Mário Fernandes. Com os recursos adicionais, os 119 mil alunos da rede estadual que utilizam o transporte têm a garantia da continuidade do serviço e do acesso às escolas com segurança.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.