Içara: expectativa de um lar para cães e gatos

Todas semanas, ONG Bicho Amigo reúne os bichinhos para serem doados. Por não serem procurados, mais velhos precisam de atenção

Foto: Matheus Reis/DN
- PUBLICIDADE -

Matheus Reis

Içara

- PUBLICIDADE -

Se você já pensou em adotar algum animalzinho em algum momento, a probabilidade é que tenha cogitado a ideia de acolher um filhote. Assim como você, a maioria das pessoas toma esta decisão. E é justamente por isso que os animais mais velhos têm somado a maior parte daqueles que recebem atenção da ONG Amigo Bicho, de Içara. Na expectativa de que os bichinhos com mais idade, sobretudo os cachorros, encontrem uma família, a organização se reúne todos os sábados, na Praça da Igreja Matriz São Donato, em Içara, para uma feira de adoção. No último sábado, 23, não foi diferente, dezenas de pessoas passaram pelo local.

De acordo com a vice-presidente da ONG, Kariny Piovesan Teixeira, hoje há pelo menos 20 cães adultos na espera da adoção. Segundo ela, existem inúmeros benefícios para aqueles que escolhem os mais velhos. “Geralmente os filhotes são mais “arteiros”. Os adultos, pelo contrário, não tem mais estes comportamentos e, na maioria das vezes, são muito gratos pela adoção. É algo sensacional, conseguimos perceber no olhar deles a gratidão porque a maior parte passou por tanto sofrimento que, ao receber carinho, responde de igual forma”, ressalta a vice-presidente.

Adoção responsável

Foto: Matheus Reis/DN

Embora os adultos somem a maior parte, Kariny reitera que é muito importante também a adoção de filhotes, sobretudo porque a cada feira cresce o número de animais. “Além da doação, que precisa ser responsável e o novo tutor precisa apresentar documentação, nós também recebemos animais trazidos para serem adotados, ou seja, o número vai crescendo”, acrescenta.

Juliano e Keila Shelinscki, que moram em Criciúma, foram até Içara para que a filha de seis anos, Nicole Shelinscki, pudesse adotar um cachorrinho. De acordo com a mãe da garota, Keila, ela tinha um machinho que precisou ser adotado. Agora, eles optaram por uma fêmea “Nós chegamos aqui após uma indicação de uma amiga. A Nicole gosta muito de ter um animalzinho e acreditamos que ele pode ajudar a ela”, aponta a mãe.

Toda ajuda é bem-vinda

Além das feiras em Içara, a ONG Bicho Amigo se reúne nos terceiros sábados de cada mês no Criciúma Shopping. A vice-presidente ressalta que toda a ajuda é bem-vinda, sobretudo porque a organização não possui uma sede e os animais que são recolhidos, recebem o atendimento veterinário, mas precisam de lar temporário até que sejam adotados.

Saiba como ajudar

Caixa Econômica Federal
Agência: 1785
Operação: 003
Conta Corrente: 2625-1
CNPJ: 22.941.257/0001-80
Titular: Associação Içarense de Proteção Animal Amigo Bicho – AIPA

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.