Geólogos realizam estudo na Serra do Rio do Rastro

Objetivo é identificar as causas dos deslizamentos de terra registrados neste último mês no local

- PUBLICIDADE -

Os constantes deslizamentos de rochas registrados na Serra do Rio do Rastro preocupam a Defesa Civil catarinense. Somente neste último mês, três eventos foram registrados no local. Por isso, na tarde de hoje, uma equipe de geólogos estará em Lauro Müller para avaliar a situação.

Segundo o coordenador regional da Defesa Civil, Rosinei da Silveira, o trabalho não deverá alterar o trânsito na Serra do Rio do Rastro. “Vamos fazer esta avaliação a olho nu e com o uso de drones. Queremos entender o que vem ocasionando estes deslizamentos, que são tão perigosos”, ressalta.

- PUBLICIDADE -

Um plano de trabalho já existe para minimizar estes deslizamentos na Serra do Rio do Rastro. O documento já foi apresentado aos Governos do Estado e Federal. “Já há a liberação de R$ 20 milhões para realizarmos esta obra”, aponta Silveira.

Falta apenas a liberação deste recurso para que os trabalhos iniciem na Serra do Rio do Rastro, segundo o coordenador da Defesa Civil. Ele explica que o Estado tem ido à Brasília para cobrar a liberação do montante com o Ministério do Planejamento.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.