Dupla é flagrada traficando drogas em Tubarão

Uma mulher e um adolescente foram conduzidos à delegacia especializada por comercializar entorpecentes no bairro Comasa

Foto: Divulgação/5º BPM
- PUBLICIDADE -

Tubarão

Uma mulher, de 34 anos, e um adolescente, de 17, foram flagrados traficando drogas na madrugada segunda-feira, 2, no bairro Comasa, em Tubarão. Por volta das 4h, uma guarnição do 5º Pelotão de Patrulhamento Tático (PPT), da Polícia Militar, esteve em um local conhecido pelo comércio de entorpecentes. Sem serem notados, os policiais monitoraram o movimento ilícito no local.

- PUBLICIDADE -

Enquanto observavam, eles notaram uma feminina realizando a venda de entorpecente a alguns usuários. Em determinado momento, um masculino – posteriormente identificado como menor de idade – entregou à mulher algo que se assemelhava a um pacote com drogas. A mesma caminhou alguns metros e escondeu o objeto. Em seguida, ela entregou ao rapaz algo que parecia ser dinheiro e, logo após, ele saiu.

Com o flagrante, a guarnição pediu apoio de outras viaturas e abordou a feminina. Ela possuía R$ 22 escondidos no calçado e duas pedras de crack no interior da boca. Os policiais também averiguaram o local onde ela havia deixado o pacote e encontraram mais 51 unidades da droga embaladas e prontas para a venda.

Quando indagada, a mulher admitiu a venda de entorpecente, relatou que era usuária e que ganharia mais droga para comercializar o pacote. O menor era quem trazia a substância para a venda e recolhia o dinheiro. A feminina ainda indicou o local onde o rapaz estaria, que se tratava de uma residência de um amigo.

No mesmo instante, com apoio de outros policiais, a guarnição se deslocou até a frente da residência indicada. Ao ver os militares, o menor correu para dentro da casa, sendo abordado já no interior do imóvel, em um quarto. Nesse momento, ele dispensou R$ 436 em dinheiro e três invólucros pequenos de substância semelhante à maconha. Quando questionado, ele afirmou que nada iria declarar.

Assim, a mulher e o jovem foram conduzidos à delegacia especializada, para procedimentos cabíveis.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Em: Tubarão

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.