TSE garante vaga de Guidi

Eleito deputado federal em outubro, Guidi havua perdido a vaga na Câmara dos Deputados após votação no Tribunal Regional Eleitoral (TRE/SC) que deferiu o registro de Ivana Lais, do PT, que fez 495 votos

Foto: Lucas Colombo/DN Sul
- PUBLICIDADE -

Uma liminar do ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Admar Gonzaga, garante a diplomação do deputado federal Ricardo Guidi, PSD.

Eleito deputado federal em outubro, Guidi havia perdido a vaga na Câmara dos Deputados após votação no Tribunal Regional Eleitoral (TRE/SC) que deferiu o registro de Ivana Lais, do PT, que fez 495 votos. Com isso, o PT passa a ter maior sobra que o PSD. Sendo assim, a vaga de Guidi fica para Ana Paula Lima.

- PUBLICIDADE -

Ivana recebeu apenas 491 votos, número suficiente para que Ana Paula Lima fique com a vaga. A candidatura havia sido indeferida pro não apresentar certidão do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, documento obrigatório a todos os candidatos.  Devido a isso, o Partido dos Trabalhos solicitou a análise logo depois do primeiro turno das eleições.

Com a decisão, Guidi deverá ser diplomado no próximo dia 18 pelo TRE como deputado federal, se tornando um dos representantes do Sul do Estado ao lado de Geovania de Sá, do PSDB, e Daniel Freitas, do PSL.

Por outro lado, o criciumense pode perder a vaga devido a outro caso: o que envolve João Rodrigues, do PSD, que espera julgamento dos recursos por parte do TSE. Ele recebeu mais votos que Guidi, mas foram invalidados.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Em: Criciúma

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.