- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

O secretário de finanças de Criciúma, Robson Gotuzzo, não admite abertamente, mas, ao longo deste ano, deve acontecer a revisão da Planta Genérica de Valores (PGV) – que serve como base para determinar o valor venal do imóvel, base do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU).

Essa alteração deve impactar diretamente os valores do IPTU para 2019 e o aumento não deve ser pequeno. Na cobrança deste ano já há o recadastramento dos imóveis. “Muitos imóveis estavam cadastrados em padrões inferiores. Esse quadro foi corrigido”, destaca Gotuzzo, em entrevista ao jornalista Anderson de Jesus.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O DN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.